30 de abril de 2010

A cadela ganha mais que os funcionários!


Segundo informa Fabíola Reipert, os funcionários da parte técnica do programa MAIS VOCÊ comentaram por aí uma grande e obscena descoberta, daquelas de deixar até o diabo sentindo a vergonha alheia: descobriram que a cadela poodle Belinha, pertencente à Ana Maria Braga, ganha salário maior que o deles. A ilustre cadelinha, cheia de famosidade, recebe a bagatela de R$ 3.000 por mês.
O mais surrealista, absurdo e ridículo: até crachá ela tem. Com foto. Tá pensando o quê? Afinal, a estrela canina precisa de dimdim para pagar o salão de beleza, depilações, manicure e pedicure (paticure?), hidratação do pelo, tosas de qualidade e perfume francês, adereços... Tudo bem de acordo com a futilidade e superficialidade da sua botocada dona.

Agora, os profissionais da Globo estão tentando descobrir quanto ganha Sombrinha, o outro cão da apresentadora que, também, é “artista” do programa. Hehehehehehe... Isso ainda vai dar o que falar… Oficialmente, ninguém confirma que os cães tenham salário. Mas, onde há fumaça, há fogo...

Está achando tudo isto um impossível absurdo? Vindo de quem vem, nada é impossível. Se é verdade, um cachorro ganhar mais que o pessoal que trabalha com ela e para ela nos bastidores, significa que para a humanitária e bondosa dondoca, um cachorro que nada faz, apenas é peça decorativa e dispensável no programa, vale mais que uma pessoa que está suando a camisa para sustentar a família.

Isto tem a ver com os valores que hoje em dia estão todos subvertidos, adulterados e sob um processo de crescente decadência. Grandes exemplos disso temos tido nos próprios programas da Globo, como o recente BBB10 com o reles nível moral da maioria dos participantes de ambos os sexos e na novela VIVER A VIDA. Nesta é mostrada a vida de uma deficiente da classe alta, patricinha mimada, rodeada de todo os aparatos que o dinheiro compra, quando deveria mostrar uma deficiente da classe média assalariada, gente comum com todas as dificuldades que realmente enfrenta. Isso sem falar em uma menina de pouca idade, fazendo a vilã da trama, que manipula com crueldade as pessoas que a incomodam. Ignoro qual seja a lição que o autor está tentando ensinar, coisa boa é que não parece ser.

Portanto, vindo da Globo e, especialmente, vindo de programas dirigidos pelo execrável Boninho, como é o caso do BBB e do Mais Você, tudo de ruim pode ser esperado. E a boataria não fica apenas no caso do salário dos cachorros. Tem mais: O programa Mais Você passará por uma mudança editorial após o retorno de Ana Maria Braga da viagem a Portugal. E é claro que há o dedo de Boninho nessa mudança.

Para dar “frescor” à atração, o núcleo de J.B. Oliveira, o Boninho, está mexendo na equipe de edição. Sai uma editora-chefe experiente, com mais de 40 anos de idade, e entram duas jovens editoras-chefes, na faixa dos 30, ambas reveladas nos bastidores do reality show Big Brother Brasil. Deu para sacar o lance? As duas substitutas foram “achadas” dentre candidatas ao BBB10. Duas apadrinhadas novas, decerto da mesma estirpe das mulheres que integraram o pífio núcleo feminino da edição.

Cada editora será responsável pelo conteúdo de um programa. A edição de segunda-feira, por exemplo, ficará a cargo de uma delas e a de terça, de outra, e assim sucessivamente. A idéia de Boninho é tornar o Mais Você menos repetitivo, diferente a cada dia. Ora, fala sério. Deveriam mudar a apresentadora. Ela é quem está fedendo a mofo e matando de tédio, especialmente quando se mete a dizer mensagens moralizantes. Ela é tão tediosa quanto aquele papagaio falastrão e babaca.

Um comentário :

Anonymous disse...

Enquanto isto, um operador de câmera CONTRATADO ganha MUITO menos que a cadelinha para fazer as imagens globais.
Se houvesse uma greve de câmeras, não ia ter TV para ninguém...