20 de abril de 2010

Mulheres que fazem a diferença!


Preta Gil surpreende-me, cada vez mais. Primeiro foi a minha perplexidade, quando soube da atitude fraterna e solícita que demonstrou, ajudando Lia, a ex-bbb10, após a saída desta do programa. Eu não conhecia esse lado humano, generoso e despreendido. Confesso que não tinha uma boa impressão da cantora. Agora, vejo as fotos dela, de biquine, aproveitando uma manhã de sol na praia com o namorado, pouco se importando se está com o corpo fora de forma, com excesso de peso.

Sei que ela é vaidosa, pois observo suas roupas e seu capricho nas vestes que usa nos shows.  Nestes tempos de mulheres anoréxicas, de fútil culto à beleza do corpo, do apogeu das lipos e da rejeição às gordinhas, Preta Gil irrompe como uma personalidade firme, marcante, muito segura do que é e do que quer, impondo-se como uma mulher bem acima da frivolidade dominante. Faz sentido a afinidade dela com Lia, outra mulher que honra a saia que veste.


Em entrevista do "Jornal da Tarde", Maitê Proença falou abertamente sobre drogas. Admitiu ter usado, mas ter passado dessa fase. "Eu não tenho mais vontade, não me interesso mais", disse, após refletir sobre o que os narcóticos representaram para sua geração.

"As drogas são uma questão da minha geração. Você viajava pelo seu inconsciente. Era uma busca do ser, entendeu? Quem diz que não foi drogado ou está mentindo ou era pouco curioso. Aquilo lá era para você investigar o seu ser. E se aquilo fazia parte de um movimento pela liberdade e pela paz, por que não experimentar?", falou Maitê, que também fez um paralelo entre a sua época e os dias atuais. "Aquelas drogas tinham uma aura muito mais interessante do que hoje, que você sabe que estará dando dinheiro ao tráfico."

Indagada se o uso de drogas atrapalharam sua carreira, ela disse: "Eu não sou da pessoa que fica olhando para trás e falando: 'Nossa! Aquilo lá eu não deveria ter feito'. Se você não dá um passo em falso, você não amadurece". Meus aplausos para a sinceridade de Maitê, para a sua coragem de revelar sua experiência com drogas, correndo o risco de ser criticada pelos preconceituosos.

Maitê, além de atriz é escritora. Admiro a sua forma discreta e equilibrada de estar na vida. Nunca se vê a linda mulher, que ela ainda é, tendo casinhos com rapazotes com idade de ser seu filho, nem envolvida em troca-troca de namorados. Vi umas fotos dela  com o namorado, descansando após uma longa caminhada. Conversaram, trocaram carinhos moderados, tomaram água de coco e ficaram sentados em um banco, até voltarem para casa. Nada de estrelismos, nada de ficar se expondo para ser notícia... Ela se comporta como a mais comum das mulheres. Esta se respeita e inspira respeito e admiração.

Modelos ficaram de calcinha e sutiã na Praça Leicester, em Londres, Inglaterra, nesta segunda-feira, 19. Tudo para a nova campanha da marca de lingeries Triumph. Os homens que andavam pela rua é que devem ter adorado a idéia... Note-se que as mulheres escolhidas para o evento são tipos comuns, como a maioria das mulheres. Nenhuma é um saco de ossos, como as modelos de passarela, não são glamourosas nem bonitas, tampouco siliconadas. Até uma gordinha está entre elas. Uma idéia genial, para mostrar às mulheres que o uso de vistosos lingeries não é privilégio das belas. Aí estão elas com vários modelitos.

Fonte: EGO
 

2 comentários :

Blog da Fátima disse...

Oi Eva...
Saudades amiga!!
Andei lendo teus posts anteriores...nossaaa como aconteceu coisa por aqui na minha ausência.(estava de férias). Fiquei triste com o post onde tu reclama da má educação das pessoas nos coments. Pensei que isso já havia acabado, já que o BBB10 acabou, mas vejo que o ressentimento das pessoas pelos particiopantes, vai além do jogo. Já parte para a vida pessoal, isso é mto triste. Todos merecem fazer sucesso, e Lia merece sim, mto mais que qualquer outro. No começo não gostava dela, mais por não entende-la, do que por outra coisa, mas depois passei a ver a pessoa sincera e fiel aos amigos. Muito triste ver esses ataques a nós blogueiras, que escrevemos muito mais para nós que para os outros. Eu considero meu blog uma forma de desabafar, e claro compartilhar com as pessoas as minhas idéias. Ouvir conselhos, efim uma forma saudavel de livre expressão.
Amada, tbem gosto da Preta, agora mais ainda. Pois esse lado humano dela não conhecia.
Belo post como sempre...

Bjos no  ♥

Eva-Nat disse...

FÁTIMA
Você nem imagina os horrores que escreviam, atacando Lia e a mim. Tasquei o moderador, deletei o lixo verbal e escrevi o post exolicando bem claramente as regras da casa, 

Não gosto de usar moderador. Vou suspendê-lo para ver se as almas penadas entenderam mesmo o recado.

Um abraço carinhoso para você.