5 de novembro de 2009

FRANCINE PIAIA ... SEMPRE QUERIDA!


Oito meses após o fim do confinamento no “Big Brother Brasil”, a terceira colocada do programa continua em alta e alvo do interesse da mídia e dos promotores de eventos. Capa de três revistas publicadas no mês em curso, dona de um blog vitorioso que acabou de emplacar três milhões de acessos, com seus produtos para a criançada vendendo muito bem e com a agenda cheia de compromissos, Francine Piaia não pode se queixar da vida.


Em entrevista dada a uma revista, Francine falou sobre a preparação para ser destaque em uma escola de samba no Carnaval carioca de 2010, sobre seu trabalho e sobre seu ex-namorado Max.


Depois de assegurar que está solteiríssima, desde o rompimento com Max, e que não tem nenhuma pressa em voltar a namorar, Francine reafirmou uma das razões para ter terminado o relacionamento com este Senhor Importantíssimo: a forma altiva como ele se enxergava. Segundo a Fofura, “o problema dele é a falta de reconhecimento e consideração. Max acha que conseguiu tudo sozinho, o que não é verdade. Ele não ganhou sozinho o programa. A gente não chega a lugar nenhum sozinho”.


Acho que não é surpresa para ninguém esta atitude de soberba e esta auto imagem exageradamente superior de Max, além do seu notório complexo de superioridade em relação à Francine, desde o tempo em que estavam no confinamento. Claro que ele jamais admitiria não ser o importantão, o insuperável e magnífico herói do BBB9. Ó santa cegueira! Ó insana ilusão! Ó estupenda vaidade!


Infelizmente, incluo-me dentre as cegas que não perceberam o joguinho do “bom moço”, dentre as babacas que não aprenderam a lição tão bem ensinada por Alemão e ainda cairam em outra falsificada historinha de amor.


Se não enxerguei foi unicamente por culpa minha e do meu velho e arraigado romantismo. O que não faltou foi quem alertasse para o engodo que era aquele interesse exagerado de Max por Francine. Sinais da falsidade, ele os deu prodigamente, em atitudes e em conversas com Flávio, com Priscila, com Maíra e com Milena.


Aquela certeza de Ana Carolina e de Naiá de que ele não sentia amor por Francine tinha fundamento, só que lastimavelmente não acreditei. Também Priscila percebeu e falou em sua descrença em Max. Esta devia saber muitoooo, inclusive sobre o quesito “provocação de ciúmes”, no qual ela não negaceou cumplicidade e uma ajudinha básica. No final, quem levava a fama de ciumenta aloucada era Fran.


Esse presunçoso ter a audácia de achar que ganhou o prêmio milionário sem a valiosa ajuda do carisma de Francine e do fã club imenso que a apóia, é muita falta de desconfiômetro, se não for uma baita desfaçatez. Francine não somente levou Max nas costas, como levou o lado B e o próprio BBB9. Ela foi a alma e a graça da nona edição do programa.


Francine, na entrevista para a revista Quem, admitiu que não gostava mesmo da aproximação do então namorado com Priscila. “Tive ciúme da Priscila com Max, em relação ao comportamento atrevido dela, só isso. Nenhuma mulher gosta de se sentir ameaçada”.


Quem ousaria dizer que Fran não estava coberta de razão ao não desejar a aproximação entre o sonso Max e a atirada Priscila? Que mulher gostaria de ter o namorado sempre cercado por uma mulher com o “currículo” da Kiwi? Duvido que alguma goste ou que tolere ver o namorado ser cercado por uma fulaninha toda caras e bocas, toda cheia de mãozinhas e de denguinhos sensuais... Se alguém gosta e admite, que atire a primeira pedra em Francine.


Indagada sobre a possibilidade de ela e Max voltarem a ser, pelo menos, amigos, Francine respondeu: “quem sabe um dia? A gente não se cruzou mais desde que nos separamos. Não tenho problema de olhar para a cara dele”.


Apesar de Fran ter dito que não falaria sobre sua vida íntima, a reportagem não a popou da pergunta que se segue: “Sempre achei o Max um homossexual enrustido. Concorda?”. Pergunta simplesmente absurda e deselegante que Fran tratou de deixar frustrada ao responder: “O que eu acho disso? Eu não tenho mais nada a ver com isso! A sexualidade em questão é dele. Estou fora disso, graças a Deus!”



19 comentários :

denise disse...

eu torci mto pelo alemão e pela iris, achei que ele decepciono? sim, mas pelo menos lá dentro da casa ele tentou ajudar a iris, o que não foi o caso do max, ele nunca ficou do lado da fran, e aquela conversinha com a maira no quarto do lider??? nesta hr ele mostrou quem era , não votei nele pra ganhar, votei na fran,ate´o fim.

Eva disse...

DENISE
Eu era maxine. Torcia por Max por causa da ligação dele com Fran. Decepcionei-me. Fui burra por acreditar que ele era sincero.

Realmente, Alemão agiu de forma diferente dentro da casa. Só pisou na bola quando deu o fara em Sirizinha de forma tão estúpida.

Jurema disse...

Olha não se envergonhe, eu passei por tudo que vc descreveu, acreditei e hoje me penitencio, pois sou Fran até a raiz dos cabelos. Lindo texto, aliás perfeito, e quanto a entrevista a fofura arrasou. Parabéns a ela, que está dando um banho de dignidade e postura aqui fora.

Fatima disse...

Fiquei muito feliz com a entrevista de Francine na Quem,ela como sempre sincera e verdadeira.Beijossssss

Eva disse...

JUREMA

Eu sei que muitas pessoas ficaram decepcionadas com o papelão do careteiro. Espero não cair em outro engodo, no BBB10.

Eva disse...

Fátima,
A popularidade de Francine está justamente na forma espontânea e simples como ela diz o que pensa e sente. Gosto demais da Fofurinha,

SOLLUA-ibelieveicanifly disse...

lindo lindo ,que bom que sempre tem pessoas que defendi nossa querida fran que tanto amamos,que DEUS proteja a proteja contra tanto mal que qqqqqqqquerem na vida dela ,sabe tbm não estou entnedendo porque tanta birra com esta menina tão doce e meiga sempre,cada dia mais a verdade vai aparecendo e tudo ficara bem,que nossa anjinha vença sempre e tenha sempre muito sucesso,bjos Eva muita paz e muito amor sempre em sua vida na sua caminhada.ps:(estou copiando rsrsr para colocar no meu blog porque achei muito lindo oque esta escrito aqui, mas colocarei os seus credito mas se... não poder e so me da um grito que tiro correndo ).ok rsrsr,sou muito cara de pau ,mas pela fran que muito amo tenho ate muita coragem rsrs...bjos fui adoro seu blog .

Eva disse...

SOLLUA

Pode pôr o post em seu blog. Desde que mencione a autora e a fonte, está tudo OK. Até gosto que falem bem de Fran, que ajudem-na a ficar lembrada. Ela merece tudo de bom.
Nos Rabiscos de Eva tem post sobre ela.

erika disse...

Eu tambem passei por isso ,pela primeira vez,eu achava tudo estranho,sendo maxine mas comecei a ver coisas,como se ele fizesse um teatro.
O que mais fiquei impressionada é como esse cara NÃO DEFENDIA A MULHER QUE ELE DIZIA AMAR.
O TEMPO MOSTROU,TUDOOOOOOOOO.
E HOJE ME ARREPENDO AMRGAMENTE DE NÃO TER FEITO CAMPANHA PRA FRAN,SOMENTE ELA.
Mas a vida ensina.
FRAN mostrou que tem muita dignidade ao terminar um relacionamento ,com um homem que na verdade só a usou,simples assim.
QUANTAS FRANS,NÃO EXISTEM NESSE PAÍS ?
Mulheres ricas,pobres,negras,brancas,de varias idades,que um dia acordarampra AMAR A SI MESMAS.

Cris Leal disse...

Querida, Eva!

Amei demais o seu texto sobre Francine Piaia. Gostei tanto que o reproduzi lá no meu Fã Clube, dando os devidos créditos, é claro. Espero q não fique brava comigo! rsrs.

Parabéns, pelo trabalho! Seu blog é lindo!

Bjs

Cris Leal
http://www.fcomaxine.com.br/

Eva disse...

CRIS LEAL
OK>, querida, pode sim transcrever o post. Um abraço grande e meus votos de que tenha um fim de semana excelente.

Eva disse...

ERIKA

Você observou bem as coisas. Nós bem que víamos tudo, mas ainda assim, insistíamos em acreditar no careteiro. Vamos ver se não caimos em outra no BBB10.

Anônimo disse...

Tiro o chapéu para a elegância e inteligência desse comentário da Isabel lá no "Um ponto de vista". É enorme mas vale a pena ler, e atenção para os detalhes irônicos!

CARTA QUE UMA PESSOA BEM RESOLVIDA ESCREVERIA AO MAX, SE ELE FOSSE LER...
Querido Max, sabes que esses dias estava eu na santa paz, lendo meu Cantar de Mio Cid, quando de repente entra na sala minha afilhada aos prantos. Meu coração quase saltou pela boca, já imaginando uma tragédia grega. Mas não, era ‘isso’, uma entre tantas surpresas pós-BBB9. O que se seguiu nos dias seguintes foi pior, nem vou dizer como ela descreveu que estava se sentindo... Não é o fim do mundo nem a 3ª Guerra Mundial, mas ainda assim, não tem como não ficar um pouco chocada em razão das circunstâncias... Até mesmo eu. Passaram-se os dias... Resolvi observar com calma o contexto da situação, os detalhes, acompanhar os fatos presentes, amarrá-los aos do passado. Tempo para escrever – minha paixão - e neurônios são duas coisas que nunca me faltaram. Sou uma pessoa coerente e tenho uma visão imparcial, mas, ainda assim... Pensei muito antes de escrever, afinal, quem sou eu para opinar, se nada disso me diz respeito, porém... resolvi ‘me permitir’. Afinal das contas, acompanhei o programa por causa da minha afilhada, o primeiro e único da minha vida, e não preciso dizer as pessoas para as quais torci, embora não sendo ‘fã’ de ninguém. Sou fã do meu Deus que faz coisas tremendas e de mim mesma, que lutei muito para chegar onde estou. Acho um exagero essa paixão tão grande por pessoas que não conhecemos, mas entendo; o formato de um programa como o BBB mexe com as mais profundas e assustadoras emoções humanas... Esses tempos, estava lendo GEORGE ORWELL, o escritor que deu origem ao BBB original... Na verdade, era seu pseudônimo, e fiquei pensando... ledo engano quem acha que realmente entende tudo de Big Brother sem ter lido 1984 e a A Revolução dos Bichos.
Pois bem, pensando no que ele disse, que “SE A LIBERDADE SIGNIFICA ALGUMA COISA, SERÁ SOBRETUDO O DIREITO DE DIZER ÀS OUTRAS PESSOAS O QUE ELAS NÃO QUEREM OUVIR", então vou dizer uma coisa, pensando não só nele, mas no rosto de anjo da minha afilhada. Ela não é o umbigo do mundo (Cuzco sim, afff, não desejaria o soroche nem para o pior inimigo se eu tivesse um...), mas é meu xodó. Bem, vamos lá.
CONTINUA...

Anônimo disse...

CONTINUAÇÃO...
Não é de hoje que detesto esse tal tt, mas ela me mostrou tantas coisas que tiveram a proeza de deixar os meus lindos olhos maiores do que eles já são... (Felizmente, ela mesma decidiu por se afastar, não sendo preciso que impuséssemos isso). E outras coisas mais que não vale a pena citar. Detesto injustiças, então recorri à Net para estar a par do que realmente estava acontecendo. Eis as conclusões às quais cheguei. Assim como a minha maxinezinha, há muitas pessoas exageradas – crianças, adolescentes, jovens e até senhoras -, sim, eu concordo, mas que, ainda assim, merecem todo o respeito, carinho e reconhecimento do mundo, pois não se pode generalizar situações e pessoas com suas barbaridades. Exageraram durante todo o programa, votando na final nem se fala, eram umas loucas adoráveis, e continuaram depois, mas agora não podiiii??... Essa torcida fiel e organizada fez sim a diferença, e esse exagero todo garantiu o resultado final do programa. Aliás, muito merecido, pois foste o melhor jogador de todos Max, e o que fez a diferença foram justamente as tuas características de jogo, tipicamente masculinas, enquanto para a tua maior adversária, sobrou graça, intensidade e personalidade, mas para tua sorte, faltou malícia... Por que nós mulheres somos assim? Não é a toa que, pelo que me interei, de 9 edições, somente duas mulheres venceram, embora o público BBB seja na sua grande maioria feminino... Jogaste e ganhaste, ponto final. Mas voltando ao assunto, digo à minha pestinha que não sofra tanto por ‘questões’ alheias... as nossas ‘questões’ da vida já são suficientemente complicadas! Nessa história louca, da qual quero distância, está sobrando para gregos e troianos, chimangos e maragatos, gremistas e colorados... E eu não vou permitir que meus olhos e meus ouvidos compactuem com isso, nem os dela. Quem quiser se envolver em baixarias, fazer da sua vida um inferno ou ‘arrumar sarna para se coçar’, fique à vontade. Mas não posso deixar de me manifestar uma última vez em nome das pessoas de bem envolvidas... Pois há o joio e o trigo. Entre escolhas, ações e omissões alheias, são estas pessoas de bem que não estão sendo compreendidas, aliás, coisa que tu pareces ter uma grande dificuldade, apesar da tua inteligência... Ah, é um dom divino penetrar no universo feminino... - quem vos fala é uma mulher de quase 26 anos (faltam alguns dias...); acredite se quiser. Mas realmente essa é uma das coisas da vida para a qual não há fórmulas nem preço, pois “ninguém tem o mapa da alma da mulher”, como canta Zé Ramalho naquela música que é pura poesia.
CONTINUA...

Anônimo disse...

CONTINUAÇÃO
Esclarecendo: falo de mulheres, não de meninas, ou guriazinhas, como dizemos aqui no Sul. Pois é, nenhuma idade garante esse tipo de conhecimento... Lastimo informar que 30 anos é pouco diante de tão grandiosa tarefa! Muitos homens agem diante de uma mulher pior do que diante da Esfinge, com a diferença, claro, que as mulheres têm nariz, enquanto a Esfinge o perdeu, entre outras versões, quando os soldados de Napoleão brincavam de ‘tiro ao alvo’... Assim contou o guia. Mas por que estou falando de nariz?... Tudo isso para dizer que a falta de compreensão do outro e com o outro leva a ‘escorregar na maionese’, a ‘trocar os pés pelas mãos’, a ‘fazer tempestade em copo d’água’, ‘enfiar o pé na jaca’ e etecéteras... E as pessoas se magoam, e isso é muito sério, sabe? Pois é, enquanto isso, há ‘alguém’ que está acima disso tudo, dando show de coerência, sensatez e inteligência, ao contrário de outras... e ao contrário do que achavam que ela faria... Essa pessoa se fez digna do meu respeito e da minha admiração, por isso decidi acompanhá-la sempre. Ela é alguém que conquistou isso de uma pessoa como eu, e acreditem, não é fácil...
CONTINUA...

Anônimo disse...

CONTINUAÇÃO
Se é que isso é um conselho, válido para Max ou qualquer pessoa, precisamos saber lidar melhor com as situações, para não magoar as pessoas gratuitamente, principalmente quando se tratar de pessoas de bem que nos apóiam ou apoiaram em algum momento, pois isso também é uma questão de gratidão e de caráter. E mais um segredinho no caso do Max: ainda apóiam e amam, prova de como mulher é um bicho realmente complicado... homens não se envolvem nessas ‘questões’... Sou mais racional do que a maioria das mulheres da minha idade, por isso entendo que não seja a coisa mais fácil do mundo compreender certas atitudes e pensamentos femininos, mas fica a dica: não revidar fãs do ‘jeito masculino’ já está de bom tamanho! Não estou julgando nem condenando ninguém, até porque não conheço ninguém e ainda que assim fosse, nunca conhecemos totalmente uma pessoa... então, quem sou eu; simplesmente constato que é difícil lidar com as pressões e os excessos, e isso leva a erros, ainda que estes jamais venham a ser admitidos, e tudo isso exige muuuuita maturidade e muuuuuito caráter messsmooo... Para mim isso é bem simples, por exemplo, quando meus pais falam alguma coisa que eu discordo, fico quieta, porque imediatamente penso... “tudo o que sou e tudo o que tenho devo a eles....”. Esqueço meu eu, minhas razões e idiossincrasias... simplesmente porque não posso dizer que não devo nada a ninguém! Devo muitas coisas a muitas pessoas, e isso muito me alegra, pois prova que sou de carne e osso, não uma extra-terrestre... E por não estar acima do bem e do mal, vivo entre erros e acertos, sem nunca ter aberto a boca para dizer a ninguém que sou uma pessoa ética, mas sim vivenciado isso em posturas e atitudes que valem mais do que mil palavras.
E quem sou eu para constatar ou exemplificar alguma coisa? Ninguém... Ou alguém com neurônios. Mania que mulher tem de defender... O que? Por quê? Quem? Missstéééérioooo...?
Bem, embora não escreva bobagem e adore brincar com as palavras, não vou mais perder meu precioso tempo; tenho ‘n’ coisas para fazer na vida para ser menos ignorante. Meu paradoxo de vida: quanto mais eu sei que nada sei, mais acredito em minha capacidade de saber mais. Escrevi ironicamente??? Perdão... Ninguém me conhece, mas... sou muito bem-humorada, sabe?! Mas fico irônica quando meu bom humor é abalado. Estava incomodada com a tristeza da minha afilhada... tão ingênua... tão correta... tão crédula... até que escrevi e passou, ainda que ninguém leia... Ah, bendita catarse! Que maravilha! Valeu a pena, como tudo na vida que fazemos de coração aberto. Nem acredito que estou dizendo isso, eu que nunca gostei desse tipo de programa, mas o BBB9 me deu algumas lições de vida importantes. Sobre estas não preciso escrever não; estão guardadas na mente e no coração, ao contrário de tudo o que hoje deixo aqui, simbolizando nesta escrita de desabafo. Despeço-me desejando muita Paz e Amor a ti Max e a todos, e que Deus esteja contigo, pois ainda que tu não acredites Nele, nada nem ninguém pode mudar a Verdade de que Ele existe... É Max, foste o cara do BBB9, mas a partir de agora, o Big Brother Brasil, para mim, volta a ser insignificante, e assim como na final, novamente escolho apenas a alma do BBB9, FRANCINE PIAIA. Pronto, restabelecido meu bom-humor, até porque com essa criatura não poderia ser diferente...
Felicidades!

Eva disse...

ANÔNIMO

Excelente o texto, especialmente o final. E VIVA FRANCINE PIAIA!

Patricio da Ilha do Boi Vitória disse...

Fran, vc é a queridinha do Brasil, não importa o que o max fêz, pq o dele está guardado. Deus sempre protege as pessoas do bem, como0 a fran guerreira.

Liane WLF disse...

Eva,

Adorei seu texto. Aliás, sempre gosto do que vc escreve, especialmente sobre a Fran. Eu também cai na mesma história romântica maxine e só não me penitencio mais porque votei desesperadamente para a Fran ganhar o programa.
Desde que eles terminaram eu me posicionei 100% pela Fran e, assim, tenho feito o possível para ajudá-la no que posso.
Gostaria de ter um contato de e-mail seu para te passar umas coisas. Vc pode me mandar um e-mail para totalmentefranfofura@gmail.com
Obrigada!

Liane WLF