17 de dezembro de 2009

Com Maracujina até que dá para aguentar o tranco!



Em menos de um mês, estaremos estreando mais uma edição do BBB, desta feita, uma edição especial que vem anunciando mudanças, novidades e grandes inovações na apresentação do reality show. A expectativa é grande! Acredito que as pessoas esperam uma edição de aniversário inesquecível, sem antecedente na história do BBB.


Eu não sou tão ingênua ao ponto de acreditar que as mudanças irão além do visual do espaço, da quantidade de participantes, de novidades nas provas e do valor dos prêmios aos três primeiros colocados. O que precisa e deveria ser mudado vai ficar na estaca zero da mesmice, com as grandes falhas tendo continuidade. Seria milagre acontecer mudança na forma, cada vez mais fora de propósito como Bial conduz a sua apresentação, cheia de salamaleques com as gostosonas, permeada de insinuações acerca da boa ou má performance desse ou daquele confinado, ou de perguntas tendenciosas no confessionário. Influindo no andamento espontâneo do jogo.


Também não aposto nas mudanças inadiáveis da postura deselegante de Boninho com os confinados, com o intuito de interferir no jogo, como aconteceu em relação à Francine e Max, naquele reles joguinho do diretor com a carta do ex-namorado de Fran. Como aconteceu com a misteriosa, intempestiva e duvidosa saída de sua afilhadinha Priscila para uma desnecessária consulta no Hospital do Coração, nas vésperas do final do programa, nunca bem explicada.


Bom seria que o Senhor Diretor fosse mais transparente em suas ações, pusesse auditoria nas votações, acabando com as manipulações dos resultados, cada vez mais escandalosas, como foi a classificação da Mulher do Piercing na perereca, no BBB9. Procedimento este que vem se repetindo desde o BBB5, com mais ousadia que nas edições anteriores.


Mas, se nada vai mudar nos tortuosos e pouco confiáveis métodos dos senhores Bial e Boninho, eu tenho a certeza de que muita coisa mudou dentro de mim e na maneira como, hoje, vejo o BBB, os confinados, as torcidas e os blogueiros que fazem a cobertura. Perdi a ingenuidade acerca da possibilidade de ver ética, bondade, sinceridade, respeito e transparência nas atitudes das torcidas, que repetem, como clones alienados, os mesmos comportamentos das torcidas dos anos anteriores, na forma como manifestam seus descontentamentos com esse ou aquele participante e, por tabela, com os blogueiros e comentaristas que não estejam de acordo com as suas preferências ou rejeições.


Tais procedimentos das torcidas, frutos do fanatismo e do desrespeito ao direito e escolha do outro, são males sem remédio. A época do BBB, é a época , também, de férias dos hospícios e nas caldeiras de Belzebu, com bandos de desequilibrados/as invadindo os halos para verinarem desaforos e má educação, além das almas penadas que erram a porta do Inferno e adentram os blogs soltando labaredas pelas ventas e ávidos de desafogarem seus espíritos pesados ofendendo e injuriando blogueiros e comentaristas.


Parece que um vento diabólico varre a blogosfera, que passa a ser palco de um vale tudo, peso pesado. Já testemunhei maledicências e injúrias caluniosas contra participantes do BBB que me faziam sentir a vergonha alheia no fundo da alma. Essa é uma forma de violência verbal destrutiva demais, além de ser uma ignomínia e uma indignidade para quem as pratica. Pink (BBB5), Mariana (BBB6) e Gyselle (BBB8) foram as mais execradas e impiedosamente atacadas moralmente. E quem ousasse contestar, entrava para a lista negra e passava a sofrer desfeitas e agressões...


Graças a Deus estou livre desses espaços obscuros. Hoje tenho amigos virtuais que me abriram as portas do lado luminoso, amigo e saudável do mundo virtual. Hoje, tenho meus blogs, nos quais escrevo o que quero, sem o receio de desagradar e levar maus tratos. Quando me lembro das coisas pelas quais passei e de outras tantas que testemunhei, por confiar demais em pessoas que nunca mereceram minha confiança e amizade. Sinto-me como que salva das garras da Medusa e de um exército de espectros malignos.


O BBB é apenas uma diversão, um jogo. Mas, há quem o encare como uma guerr torcidas fanáticas, até entre blogueiros, que ficam trocando farpas. Uma lástima!


3 comentários :

Anônimo disse...

Você falou tudoooo! Acontecem horrores em certos blogues e de blogueiro para blogueiro. O tiroteio é feio... Só mesmo com muita maracujina no koo deles,rsrsrsr

Jane disse...

Eva, maracujina para mim é pouco...
Se eu puder ver na internet como vejo a Fazenda tudo bem.O que me mata é gastar dinheiro para ser gozada pelo BBB e agredida pelos fanáticos...
Isto não aconteceu na Fazenda.Mas no BBB qto mais agressão e violência verbal,para eles, melhor.E eu não transito bem na violência incentivada, pq entre cometer suicídio e/ou homicídio, prefiro o segundo...
Já aprendi a deletar, banir e dar de ombros. Faço legalzinho, mas pagar para aqueles,"*****", e perder meu tempo e usarem meu dinheiro na corrupção deles, nas manipulações deles, me fazendo de palhaça ?
Já chega a política e a polícia brasileira
Aí nem Lexotam, Rivotril Frontal Haldol etc dão jeito
rsrsrsrsrs
bjk

SOLLUA-ibelieveicanifly disse...
Este comentário foi removido pelo autor.