31 de janeiro de 2014

Quando a Mulher perde a dignidade...


O que me impressiona no caráter de alguns homens e mulheres desse BBB14 é a forma deselegante e mesmo estúpida como se comportam e tratam o outro. Os piores de todos, para mim, são Diego e sua ficante Francielle, pela falta de respeito de um pelo outro, na mesma medida em que não respeitam os demais, distribuindo patadas, coices e atitudes brutalhonas, sem a mínima preocupação em estar ofendendo e magoando suas vítimas.

Diego é o que considero um grande cafajeste, na medida em que não respeita nem preserva a mulher que está ficando com ele. Além de tratá-la muito mal, ainda se dá a canalhice de dizer para quem quisesse ouvir, que ele iria transar pela primeira vez com a Franciele naquela noite, e já pegara as camisinhas na despensa! Isso dito em plena festa é o mesmo que dizer para todos os milhares de pessoas que estavam no PPV, inclusive eu mesma. Fiquei com um absurdo nojo desse cara sem moral, sem compostura, fanfarrão e maldoso. Se ia transar com a menina, isso só era do interesse dos dois. Por menos sentimentos e comprometimento que haja entre eles, isso não lhe dá o direito de referir-se a ela como se fosse uma putinha qualquer. O que ele não teve coragem de dizer depois aos mesmos que ouviram a sua revelação sórdida é que a transada foi um autêntico miolo mal cozinhado, pois levou 2 minutos e alguns segundos, sem preliminares, sem carinho, sem sentimentos. É apenas o sexo pelo sexo. Mas, com a forma como vivem fora da casa, a coisa deve ser mesmo assim, de volta à Idade da Pedra!

LEIA MAIS, clicando na frase abaixo.



O mais espantoso nesse pseudocasal, que é sem nunca ter sido, é a postura jurássica que tem um com o outro, como se pode ver na manhã, depois da "Festa Circo", quando Diego chamou-a para conversarem sobre a noite anterior. Eu pensando que ele ia engatar um papo de carinho, fazer alguma xamegança, mas qual nada: o comentário deselegante dele foi “ontem o quarto Sibéria derreteu, virou saara”. Ao ouvir comentário tão chulo, a Fran disse, já de cara amarrada : "Você me mata de vergonha em rede nacional!", isso depois de ter feito sexo, gostado e gemido como uma capivara. Até então, a gaúcha dizia para os demais da casa que só havia feito 'brincadeiras' com o carioca e também que não gostaria de magoar seus pais (pobres pais, gente humilde cheios de orgulho pela filha, vendo-a se comportar como uma putinha)
Entre risos, o carioca argumentou que estava quietinho, dormindo, e que foi a produtora de eventos que veio 'animá-lo' entre as cobertas (o que é verdade).
A conversa nada romântica continuou na varanda da casa sem se tocarem, e Franciele concluiu que não é fácil dormir ao lado de Diego: "Em dia de festa, a gente vai dormir em cama separada. É melhor, sai faísca", pediu a sister, demonstrando certo arrependimento por ter feito 'algo a mais' com o brother diante das câmeras (algo a mais ou a menos? 2 minutinhos... fia, não dá nem como aperitivo... Depois da conversa íntima, Fran e Diego tiveram um desentendimento que deu bem a dimensão de estupidez e do quanto ele não tem o mínimo respeito por ela, tratando-a como deve tratar as rameiras que pega fora da casa. Em meio a lembranças de brinquedos e brincadeiras da época de Diego que ela não conhecia, Fran mencionou que tais folguedos não eram do tempo dela, que o carioca de 31 anos estava velho e que ela, com 24, era novinha. Aí veio mais uma canalhice do cabrão, ironizando e sugerindo que a garota é veterana na putaria:" Vinte e quatro anos, mas bem rodada né? "Experiente”!. Que cara docinho! Isso é o que toda mulher gosta de ouvir na manhã seguinte de uma noite de sexo. Mas, se tem vergonha na cara jamais reagiria como Fran, simplesmente dizendo: “Não vou mais brincar com você. Olha a maneira que você fala. Para de graça (graça?)", saiu a sister irritada em direção ao quarto da Sibéria, enquanto Diego continuou ironizando e finalizou o assunto mandando a sister ir embora mesmo: "Mete o pé. Você já está me irritando de manhã cedo". E assim é o
tal Frango. Uma dupla que se afina: o safado e a semvergonha. Perfeitos!
À noite, depois da edição, frango reiniciou as brigas e bate-bocas sem noção, regadas a muita grosseria. Já na cama, ele virou-se para dormir e ela ficou choromingando. Sem poder pegar no sono, Diego começou a reclamar e a discussão pegou fogo, com recriminações de ambas as partes. Até que ele resolveu sair do quarto, indo fumar e conversar com os outros rapazes que estavam na área externa. Esse Frango está começando a feder... Já é quase defunto.

Nenhum comentário :