31 de janeiro de 2013

ANGELIS VITORIOSA! GUERRA GANHA!



Vencemos a guerra, Angelis venceu a guerra! Merecidamente ganhou o prêmio milionário que lhe possibilitará a independência financeira.

A festa de encerramento não poderia ter sido mais tediosa e sem graça, devido as interrupções inoportunas e a chatice de Rodrigo Faro, com suas caras e bocas. Mas, o momendo delícia foi mesmo a reação dá invejosa e despeitada Ísis, quando ouviu que Angelis era a vencedora. A bunduda mostrou perante todos os presentes a grossa, sem classe, mal educada que é: sequer cumprimentou a campeã, saiu voando do palco e sumiu não sei onde. Que decepção, heim, Porquinha balofa? Adorei esse esperado momento.

Isis estava convicta de que seria a vencedora, a reação dela no último paredão, ao ficar entre as finalistas não foi de surpresa, mas de certeza. Ao contrário dela, Angelis ficou surpreendida, como sempre ficava nas oito roças em que saiu vitoriosa. Deu-me pena vê-la correndo para a sede, gritando de alegria, querendo comemorar e... só encontrou na casa a indiferença de dos dois que venceram com ela. Ísis a ignorou. Thiago ainda esboçou um arremedo de cumprimento, ambos mal podiam disfarçar a decepção pela eliminação de Victor.

Quisera que no BBB13 tivesse pelo menos uma Angelis. Ou melhor que lá estivesse todo o elenco selecionado pela Record para a Fazenda de Verão que, infelizmente, não souberam explorar o potencialo de joga de cada um deles.

A diferença do time do reality da Record para o time do BBB13 é uma enormidade. Se o reality da Globo teve super jogadores como Dourado, Dhomini e Massumi, todos homens, em compensação nenhuma das mulheres que venceram a disputa podem ser comparadas com Angelis. Nenhuma viveu o BBB com o ímpeto, com a emoção, com a entrega que ela mostrou na Fazenda de Verão. Essa mulher decidida e corajosa entrou no programa para lutar pelo prêmio. Todavia, as sucessivas vitórias em oito paredões nunca fez dela uma pessoa soberba, jamais se enxergou como a preferida do público. Foi a mais transparentes dentre todas os participantes de ambos os sexos, sempre autêntica, espontânea, sincera e simples.

Para encerrar, transcrevo aqui as palavras de um anônimo que comentou na postagem anterior:

" Definitivamente, os personagens construidos dentro de qualquer RS é coisa do passado, bom mesmo é ser gente de verdade. Como ela mesmo disse: "Eu não sou artista, eu sou Angelis Borges". O grande nome do jogo, a grande vencedora!!!! Agora existe uma nova era dentro dos RS, antes e depois de Angelis Borges".

2 comentários :

Anônimo disse...

Angelis é o tipo de mulher que você ama ou odeia, pode até mesmo despertar os dois sentimentos ao mesmo tempo porque sua personalidade é forte demais. Ela ganhou minha admiração pela bravura e insolência em enfrentar essa batalha injusta contra seus oponentes dentro da casa e os que se escondem por trás das câmeras.
RS não é um conto de fadas, os mocinhos para vencer não precisam ser perfeitos apenas verdadeiros. A bravura venceu a mediocridade.Uma vitória singular da mocinha imperfeita mas que foi verdadeira do começo ao fim.


obs: sou o anonimo mencionado no seu texto.

thethelo disse...

Os anti-Angelis chamaram ela de Barraqueira . Chamam-lhe e ponto final, a acuidades destes são dum limite ínfimo (um pouco maior de 30% do público).Estes não conhecem a terceira lei de Newton "a toda ação corresponde a uma reação de sentido contrário de intensidade igual ou maior", a Angelis sempre foi provocada e a intensidade da reação foi o grande diferencial deste reality. Todas as repostas foi de extrema inteligência (menos com Manoella que aprendemos a amá-la junto com Angelis, mas mesmo assim ninguém tinha o direito de "meter a colher" muito menos o Sr. Rodrigo Carelli)com gana e uma intensidade nunca vista antes num reality.Missão dada missão cumprida.
Espero que agora a Angelis não fique dando trela a Twitereiros que querem ver a Manogelis separadas. Agora é esquecer as desavenças por que as vitórias são certas. MANOGELIS FOREVER