24 de janeiro de 2010

AS PIRIGUETES NO BBB... CRUZ CREDO!




Em todas as edições do BBB as piriguetes marcaram presença, deram shows de vulgaridade, de baixaria e de depravação dentro da casa, como costumavam aprontar fora do programa. Porque Piriguete é como torcedor do Flamengo: “uma vez piriguete..., piriguete até morrer!”. Bial, como muitos velhotes, é fascinado por neste tipo de mulher... “Poisé” o BBB10 tem um exemplar prisciliano de piriguete, até mais talentosa: a MAROCA.

As piriguetes são mulheres que dão em cima de homens que têm namoradas ou já estão acompanhados. Hoje em dia piriguete é toda mulher fácil, ela não resiste a homem, qualquer um. São oferecidas, vulgares e adoram chamar a atenção para si. Para isto, fazem implante de silicone nos seios, usam roupas colantes, muito decotadas e saias curtíssimas, sobre minúsculas calcinhas fio dental, adoram um salto alto e brincos enormes. Elas são  facilmente reconhecíveis.

“É difícil uma garota aceitar que é uma piriguete e se denominar como tal. Geralmente a piriguete se mascara de feminista , de descolada e justifica suas piriguetices (nunca para os homens e sim para as amigas) defendendo que pode fazer as mesmas coisas que os homens fazem (se esse argumento procedesse, elas soltariam pum, arrotariam na frente das amigas e mijariam no meio da calçada).

~

Os homens não curtem essa classe de mulheres não porque dão mais que chuchu na serra (mas, usam-nas para darem uns amassos sem compromisso), mas  a maioria esconde a sua condição.  Kadu disse, ontem na festa, com todas as letras, que não gosta de mulheres oferecidas, que é mais fácil andar pelado pela casa que “ficar” com Maroca”. Atitude bem semelhante a de Manu em relação ao assédio de Priscila, desde que ele pôs os pés na casa, chegando a aconselhar Ralf a livrar-se de Milena ao sair da casa, como ele faria com a Kiwi, alegando que não eram mulheres para ambos serem vistos em suas companhias.

A desgraça de Dourado, no BBB4, foi ter se envolvido com uma piriguete ungida e sacramentada, que pouco se importava com o fato dele ter uma relação forte com a Russa, sua mulher há cinco anos, de quem ele gostava muito e não admitia trair e magoar. Mas, ser assediado por uma mulher bonita e oferecida, que se meteu sob seu edredom, no quarto do líder, vestida apenas com um fio dental, é tentação diabólica para um homem com os hormônios em brasa e carente de sexo.

Ambos mataram a fome de sexo, mas, no dia seguinte, ele estava abalado com o que acontecera e deu um basta com Juliana... Como mulher rejeitada é capaz de muitas misérias e baixezas, ele ganhou uma inimiga com muitos aliados na casa. A aventura piriguetesca valeu-lhe um paredão e a eliminação do jogo. Se Kadu não der mesmo um chega para lá em Maroca, a relação dele com a namorada terá o mesmo destino da relação de Michel, facilmente enredado nas malhas da esperta piriguete Tessália.

Regra geral, a piriguete, que se preza, precisa mostrar 24 horas por dia e em qualquer lugar que vá que é atraente, que possui um corpo sensual e que os homens babam por ela. Ela precisa chamar a atenção. Para isso, usa toda sorte de artifícios para mostrar o seu corpo. Roupas coladas, decotadas e mini-saia constituem 90% do seu guarda-roupa. As calcinhas são minúsculas (possuem vários exemplares vermelho bordel e de renda). Brincos com argolas gigantes e pulseiras imensas são acessórios que complementam a sua indumentária. Roupas com detalhes de zebrinha e oncinha também despertam o seu interesse. Saltos de 10 cm são muito bem-vindos ainda mais quando aliados com um micro shorts ou mini saia.

Com a piriguete não tem tempo feio. Ela transa no estacionamento da balada (as mais graduadas dentro da balada), no cinema, no banheiro da faculdade, no escritório e em lugares públicos em geral. A piriguete possui dezenas de colegas, mas amigas mesmo, praticamente nenhuma. O motivo é muito simples, que mulher com a cabeça no lugar vai querer sair com alguém que só pensa em homem e putaria? Imagina a amiga começa a namorar um bonitão, porque a piriguete o pouparia? As poucas “amigas” geralmente são piriguetes também e ai está tudo em casa, trocam ou dividem homens entre si, falam mal uma da outra pelas costas, compartilham os mesmo interesses financeiros, enfim rola aquela afinidade. Boa parte se vangloria de possuir amigos homens que na verdade querem mais traçá-la a serem confidentes.

As piriguetes são facilmente reconhecidas em seu círculo social, não apenas devido as características supracitadas, mas principalmente porque já passaram na mão da metade dos homens da sua faculdade, bairro, escritório, clube, etc. Como homens não guardam segredos de intimidades com piriguetes, todo mundo acaba sabendo o que ela gosta de fazer na cama, a posição predileta, se curte levar tapa, ser xingada, fazer sexo com mais de uma pessoa ao mesmo tempo, podendo até ser com um homem e outra mulher, chegando até a se declarar bi-sexual para parecer a super avançada e “muderninha”.

O universo Piriguetesco do BBB vem sendo suprido por legítimas representantes da piriguetagem, desde a primeira edição. Não podia ser diferente no BBB10, o que foi anunciado como “a mãe de todas as edições”,a mais especial, a mais extraordinária a que teria participantes de primeira linha, escolhidos a dedo, passando todos por várias “cadeiras elétricas” para garantia da qualidade e conteúdo dos selecionados.... É uma piada! Pois está conseguindo ser pior que o BBB2 e BBB6. Até a piriguete da vez não passa de uma cópia mal clonada da piriguete-mor do BBB9 e musa do eterno adolescente Bial: a Kiwi, para alguns alcunhada de a Panetone, dentre outros epítetos. E tivemos a sorte de não terem entrado no BBB10 uma das duas piriguetes mais famosas: Fani e Natália.

Não tenho preconceitos contra o homossexualismo masculino e feminino. O preconceito que sinto e assumo é contra piriguetes, contra mulheres vulgares, mulheres-objeto, mulheres-bunda, mulheres-frutas que não se respeitam, que adotam a baixaria como meio de vida, que rebolam a bunda e expõem o corpo pra ganharem dinheiro fácil. Abomino e enoja-me vê-las praticando atos que depõem contra a mulher, que desvalorizam o sexo feminino, fazendo com que todas pareçam fáceis e ordinárias, fúteis, descerebradas e superficiais.

Sei que dentro das cabeças dessas mulheres não há conteúdo que valha a pena, quando abrem a boca só sai asneira, piadinhas pornográficas, papos picantes sobre sexo, dentre outras tranqueiras mentais. Nunca as vejo expondo nada interessante, inteligente, que valha a pena parar para ouvir.

E, quando resolvem ter a presunção de escreverem um livro, o assunto é uma autobiografia cheia de detalhes sórdidos sobre suas vidas vazias, suas atividades sexuais, incluindo fotos da insana despida na capa, devidamente siliconada, botocada, lipo-aspirada e photoshopada,à mistura com fantasias eróticas, que visam aumentar as vendas da obra prima, da enormidade literária que, na verdade, a pseudo autora, sem a mínima condição de redigir um livro, apenas rabiscou as idéias para que outra pessoa escrevesse o texto.



A prova da comida foi realizada: a turma da xepa perdeu para os que estavam na casa de luxo. Mais uma semana para os gays conviverem com Dourado... Mais uma semana de penitência para o Moicano suportar a presunçosa e arrogante Eliane, para exercitar a tolerância com as alfinetadas provocativas de Dicésar, para testar a sua paciência com as afetadas gracinhas infantilóides de Sérgio. Segura, Dourado... pelo menos não há periguete na xepa.

Um comentário :

Eva-Nat disse...

Abrindo a caixa de comentários, desejando  a todas as pessoas que nos visitarem uma feliz noite de domingo. Bjs.