29 de outubro de 2009

A POESIA DE GLÓRIA TUPPER







Bateu a saudade de Glória Tupper e fui visitar o Avesso de Mulher, seu blog literário, no qual ela transcreve as poesias que compõe. Poesias que falam de amor, da intensidade da paixão, de inadiáveis desejos e da fruição do prazer em sua plenitude.



Não escondo que sou admiradora dessa poeta talentosa, dotada de uma notável sensibilidade poética e de uma notória habilidade no manejo dos versos. Assim sendo, resolvi trazer para as pessoas que costumam ler o que posto no Feminina e Plural as duas últimas poesias de Glória, nossa querida amiga e blogueira do blog MariquinhaMaricota, fechado temporariamente.


Nas três poesias, dadas a seguir, o eu lírico verbaliza a sua cumplicidade e a sua participação ativa e prazerosa no jogo amoroso. Fazendo uso da retórica do desejo e da voluptuosidade feminina, tão do gosto das poetas da atualidade, não negaceia palavras na expressão da fruição do prazer do próprio corpo e do corpo do homem amado.

Cadência -

*
Teu hálito atrevido
Desliza pela minha nuca
Escorre entre meu querer
E tua urgência mergulha em mim.
*
Meu corpo é chama que teu verbo alimenta
E que tua respiração nua veste
A reger minha sinfonia
De notas compassadas.
*
Teu cálculo é preciso
Sábio e generoso
E me banho em teu rio
A lavar-me o calor das entranhas.


- Sol e Lua -
*
É madrugada silenciosa e fria
E teu cheiro envolve meu corpo.
De olhos levemente cerrados
Percebo tuas mãos deslizantes
Buscando meu desejo.


Teu tato me aquece
Teu hálito a minha boca beija
Somos calor intenso
Dançando em ritmo alucinante
Na cadencia perfeita.



Corpos suados se misturam
Sensações se completam
Preencho-me de ti
Na noite que começou fria lua
E terminou quente sol.
As poesias de Glória Tupper já foram o tema inaugural do blog Rabiscos de Eva, no qual analisei algumas delas, apontando a qualidade e o refinamento do seu lirismo erótico,  a expressão da sensualidade, do desejo e do amor sensual em sua completude e beleza.



Quem não conhece, ainda, o AVESSO DE MULHER e a produção poética de Glória, caso deseje conhecer o conjunto dos seus poemas, poderá usar o link do blog, disponível na coluna à direita do MariquinhaMaricota e do Feminina e Plural.

.