21 de outubro de 2010

Nany People, um estardalhaço de carisma!


Quanto mais vejo Nany People dando de dez a zero naquela cambada de inexpressivos/as e medíocres confinados em A Fazenda, mais aplaudo e admiro esta mulher. Sem sombra de dúvidas ela é o destaque e é quem faz a diferença positiva e salvadora do programa. E o mais curioso e interessante é que nenhum esforço ela faz para sobressair dos demais: apenas limita-se a ser ela mesma, dando rédeas soltas à sua indefectível franqueza, à sua irreprimível autenticidade e temperamento explosivo nos momentos em que se faz necessária a sua intervenção para pôr o bonde de destrambelhados n
os trilhos.

la consegue ser a mulher mais feminina dentre todas as apagadas e frutíferas siliconadas da casa e, ao mesmo tempo, o homem mais brioso, cheio de atitude e coragem na hora em que todos os marmanjos se comportam como fracotes moleques. Some-se a isto tudo as qualidades morais, a boa índole, a generosa forma como ela
se coloca ao lado dos que estão sendo perseguidos, dos que sofrem ou que precisam de uma palavra amiga. Mais que tudo, Nany tem um excelente caráter, uma imensa sensibilidade e uma admirável dimensão humana.

Além de ser uma pessoa muito prestigiada e respeitada por sua versatilidade e talento no meio artístico e na mídia, Nany People tem um currículo profissional de dar inveja. Ela é atriz, humorista, apresentadora de shows, de eventos performáticos, de telegramas animados, faz performances em feiras e convenções, bem como atua em comédia stand up. Acumula ainda um curso de Extensão Universitária de interpretação feito na Unicamp, estudou teatro na Escola Macunaíma e trabalhou por 10 anos no Teatro Paiol (SP) com a Família Goulart/Bruno em diversas funções.

Nany ganhou projeção no cenário nacional, em 1997, como repórter do programa Novo Comando da Madrugada de Goulart de Andrade (Extinta Rede Manchete) e foi jurada residente do programa Guerra é Guerra, da Rede Mulher. Em 1998, interpretou com absoluto sucesso um dos mais importantes papéis femininos da obra do dramaturgo alemão Bertold Brecht, a viúva Begbck, na peça Um Homem é um Homem, dirigida por Alexandre Stockler (TeatroFaap/SP). Fez os filmes: Cama de gato (1998) (direção Alexandre Stokler) com Caio Blat onde fez participação especial; ACREDITE, UM ESPIRITO BAIXOU EM MIM de Ronaldo Ciambrone com direção de Sandra Pêra ao lado de Marilia Pêra, Arlete Salles, entre outros.

Atuou como Repórter Especial em entrevistas e matérias inusitadas nos programas: COMANDO DA MADRUGADA (Rede Manchete) Março/1997 a Jan/1998 FLASH (Rede Bandeirantes) Out/99 a Jun/00; COMANDO DA MADRUGADA (Rede Gazeta) Jul/00 a Mar/01 HEBE (SBT) - de Abr/01 a Agosto/06. Participou do programa humorístico A Praça é Nossa SBT (Nov/2006 a Jan/2009). Trabalhou em três programas de rádio: Rádio Jovem Pan: ZIPER com Dr. Jairo Bouer e PÂNICO Mar/00 a Jul/01. Rádio 89,1 (Radio Rock) SEXO ORAL com Dr. Jairo Bouer Fev/02 a Jun/05.

Nany assinou uma coluna de sucesso na revista G Magazine de Out/97 a Jan/2008. Por várias vezes se apresentou no projeto SEGUNDAS INTENÇÕES (de Thereza Piffer e Marcelo Várzea) ora como humorista, ora cantando. Foi convidada especial como MESTRE DE CERIMÔNIAS do RISORAMA (Festival de Teatro de Curitiba) 2004, 2005, 2006 , 2007 e 2008. Convidada especial do IMPRORISO (Festival de Humor de Belo Horizonte). Produziu e protagonizou, desde junho/2007, a Comédia NANY PEOPLE SALVOU MEU CASAMENTO de Bruno Motta/Daniel Alves, excursionando por 12 capitais mais 9 cidades do interior do País, além de ter cumprido temporada com sucesso por 6 meses no teatro Brigadeiro/SP.

Atualmente atua em diversos Shows de Comédia Stand-Up na capital Paulista e viaja pelo país em apresentações com a comédia NANY PEOPLE SALVOU MEU CASAMENTO e tb com o show stand up. Em Nany People DEU NO QUE DEU, de sua própria autoria , ela interage por com a platéia de maneira bem humorada e inteligente , marca registrada de sua verve profissional. Espetáculo idealizado pela própria Nany People, nele ela satiriza situações do cotidiano, bem como as diferenças e acertos do universo masculino/feminino e dá uma aula de como encarar a vida de maneira positiva e altruísta.

Este é o curriculo da peoa Nany People, a única participante do reality show A Fazenda que merece, de fato, chegar ao final do programa como a vencedora e merecedora dos dois milhões de reais. Dá-lhe, Nany People!

7 comentários :

Cláudio J. Gontijo disse...

Eva

Professor e Biólogo, Mineiro, venho percorrendo algumas páginas para divulgar o Verde Vida, dedicado à causa ambiental. Se puder, visite-nos.

Felicidade e luz em sua jornada.

http://www.vervida.blogspot.com
Blog Verde Vida

Anônimo disse...

EVA,
Nany é a melhor figura feminina na Fazenda. Quem diria!
Mais uma demonstração de que o que devemos cultivar mais é o interior.
Maria Amália

Maite Guadagnoli disse...

81 ANOS NÃO É PRA QUALQUER UM NÃO E QUE TALENTO E FORÇA TEM ESSA MULHER, INCRIVEL FERNANDA MONTENEGRO É MULHER PRA MAIS DE METRO, LINDA HOMENAGEM A ELA ADOREI, BJOS, meu teclado ta ruim desculpe, saudades, sempre que posso corro aqui...

Maite Guadagnoli disse...

Voltei pq deixei recado errado em post errado, e la em baixo tem mais, hehehhe, tbm adoro a Nani, não vi ainda a fasenda, mas pelo pouco que vi ela é mais mulher e homem dos que estão la, veremos o que vai acontecer, me animou a voltar a assistir, volto depois, bjos

Eva-RN disse...

Cláudio

Obrigada pela visita. Irei sim visitar seu blog. Um abração.

Eva-RN disse...

Maria Amália,
que satisfação me dá a sua visita.
Pois, é verdade que Nany é uma pessoa de valor. Estou torcendo por ela. Um abraço.

Eva-RN disse...

MAUTÊ

Obrigada pela visita e pelo comentário sobre a pluralíssima mulher que é Fernanda. Um abraço.