6 de novembro de 2016

O Miss Universo 2016 será nas Filipinas...



Miss Universo 2016 já conta com dezenas de candidatas eleitas – no total mais de 100 países devem ser representados. Ao contrário da organização do Miss Brasil, que elegeu nossa representante apenas no dia 1º de outubro, existem países que se preparam com bastante antecedência. Enquanto por aqui não havia nenhuma eleita nos estaduais, o MU já contava com diversas candidatas. E o Miss Universo será realizado nas Filipinas, no dia 30 de janeiro de 2017. A apresentação será de Steve Harvey, ele mesmo, na companhia da belíssima Olivia Jordan, Miss EUA 2015.

Miss Brasil, Raissa, é belíssima. Aposto nela para levar a coroa!

Pia Alonzo Wurtzbach, que foi eleita num dos episódios mais polêmicos da história do concurso, vai coroar sua sucessora em casa. Esta será a terceira vez que as Filipinas sediarão o concurso (foram sede em 1974 e 1994). O concurso acontece em 29 de janeiro de 2017, mas devido ao fuso horário, aqui no Brasil já estaremos no dia 30. Quanto ao horário, provavelmente será entre 21h e 23h de domingo.

Será que o Brasil volta a passar pelo TOP 15? Nas duas últimas edições nossas representantes pararam na primeira eliminatória, interrompendo uma sequência de TOPs 5.A WME-IMG, gigante do setor de moda e entretenimento, adquiriu os direitos da franquia Miss Universo, que antes eram de Donald Trump. A WME é basicamente uma agência de talentos, sediada em Beverly Hills, fundada em abril de 2009. Ela representa artistas em todas as plataformas de mídia: filmes, televisão, música, teatro e internet.

Neste espaço, logo no começo do post, vai estar reservado para trazer as últimas notícias do concurso. Sempre que divulgarem notícias importantes, elas estarão aqui, em ordem de data.

03 de janeiro de 2016 | Todos têm curiosidade de saber quais os prêmios para a vencedora do Miss Universo. Veja então a lista do que Pia Wurtzbach ganhou: 
US$ 250 mil (quase 1 milhão de reais, já que o dólar está pertinho dos R$ 4) 
Salário considerável (mas não divulgado) 
Aluguel de um apartamento de luxo em Nova York por 1 ano (ou até terminar seu reinado), sem precisar pagar absolutamente nada – inclusive roupas e alimentação 
Ela será membro da New York Film Academy of Visual Performing Arts, por um ano 
Um ano de produtos para cabelos da CHI 
Uma coroa de diamantes de 120 mil dólares 
Muitos sapatos da grife chinesa Laundry Shoes 
Direito de frequentar a academia Gravity Fitness por um ano 
Ensaios com o fotógrafo Fadi Berisha, responsável pelas fotos “glam” do Miss Universo 
Um guarda-roupas completo com grifes não divulgadas pela organização.

Uma curiosidade (ou característica?) do Miss Universo foi levantada pela Miss França do ano passado; a bela disse que as competidoras das Américas são privilegiadas. E não deixa de ter uma certa razão. Basta lembrar que nas últimas oito edições do Miss Universo as vencedoras foram de: Venezuela (em 2008, 2009 e 2013), do México (em 2010), Estados Unidos (em 2012) e Colômbia (em 2014). Quem “furou” esse domínio foram a angolana Leila Lopes, na edição 2011 realizada em São Paulo e agora com a filipina Pia Alonzo Wurtzbach. Curiosamente, a única europeia a figurar no TOP 5 da última edição foi exatamente a francesa.

A última europeia a conquistar o Miss Universo foi Oxana Fedorova, da Rússia, em 2002; mas logo depois foi destronada dando lugar à Justine Pasek, do Panamá (apesar de ser ucraniana de nascimento). A última europeia, de fato, a ser coroada foi a Miss Noruega, Mona Grudt, em 1990. Não à toa, os concursos nacionais do velho continente dão preferência para o Miss Mundo.A Record transmitirá o concurso.
Fonte: Blog Curiosando.

Nenhum comentário :