12 de abril de 2014

As abomináveis novelas da Globo

As novelas da Emissora Globo TV seguem pelo mesmo caminho tortuoso do BBB14. Em todas do horário das 21hs há gays, quase sempre estereotipados, que nada acrescentavam à causa GLST, só contribuíam para aumentar o preconceito. Na novela anterior a que estão passando agora, resolveram levar a sério um assunto que jamais deveria ser tratado como piada. Não havia nada que colidisse com meus códigos morais e com os da sociedade em geral, acredito. O casal gay masculino vivia uma história humaníssima, com muito amor, decência e cumplicidade. Mesmo o beijo no final da trama estava muito bem colocado dentro do contexto. Foi um gesto de carinho que deu um toque de sensibilidade e ternura à relação do casal que vivia uma relação estável e equilibrada, com filhos adotivos e uma bela história de superação por parte de um deles. 
Mas, na novela atual é um nojo o que estão mostrando e está muito longe de representar uma luta contra o preconceito as relações entre lésbicas. Ao contrário disso, só contribui para os héteros desenvolverem mais preconceitos e acharem que todos as homossexuais são promíscuas, cruéis, inescrupulosas e monstruosamente egoístas. 
A lésbica da novela (Momentos de Família) é uma mulher que vive numa casa com várias outras que já foram suas amantes. Conhece Clara, sente tesão por ela e decide tê-la a qualquer custo não se importando em atropelar quaisquer obstáculo que se interponha ao seu lúbrico desejo de posse. Daí se intromete e vai destruindo sutilmente o casamento de uma outra mulher, bem casada e mãe de uma criança pequena. 
O capítulo de ontem me fez tomar a decisão de não mais assistir a semelhante aberração, a esse lixo nojento, a essa apologia descarada ao lesbianismo leviano e inescrupuloso. O discurso desalmado, cheio de razões, nojento da lésbica, que seduz a mulher casada, para o marido desta, doente, revoltado com a destruição do seu casamento, que a procura para por fim à intervenção da piranha descarada, egoísta, mau caráter e sem limites, quando se trata do próprio prazer carnal, deu-me nojo, ânsias de vômito e uma estranha sensação de que estou vivendo em um mundo que já não existe respeito pelo outro, onde o sentimento de dignidade foi esmagado pela luxúria mais porca, um mundo que não mais reconheço, no qual os valores e princípios nos quais alicercei a minha formação moral já não prevalecem e esses que os substituem não consigo assimilar. Sinto-me uma estrangeira no país em que nasci, no planeta em que ele está... E não tenho outro para me mudar. Só se optar em morar na selva, nas entranhas da selva amazônica, em alguma tribo ainda não contaminada pela tal civilização. Impossível, não é mesmo? Então, o melhor remédio é desligar a Tv, só ver programas na TV paga (tem coisa boas que valem a pena serem vistas) e pegar um bom livro para ler no horário de todas as novelas. Nenhuma presta. A das 18 horas é uma fantasia para crianças do século passado, a das 19 hs é uma imitação fracassada de Lost que não deu certo... Enfim. Já fiz meu desabafo.



5 comentários :

Guibraga312 disse...

Esta sensação não é apenas sua .Seria ótimo que fosse , pois o problema seria apenas seu ...Infelizmente ele é nosso , de muitos que até evitam comentar para não serem execrados ...Não se sinta só , somos muitos , apenas somos anônimos .

Anônimo disse...

Concordo plenamente.
Sinto vergonha.ff

vanny marques disse...

É exatamente tudo isso que você falou... estão se esquecendo de que TV forma opinião e aí todo mundo passa a experimentar! Depois da Mercury tudo é possível e todo mundo tem que provar essa nojeira.

Anônimo disse...

Nao aguento mais essas novelas de cidade.
Cade minhas Tietas da vida? Reis do gado? Clones? Portos dos milagres?
Globo, vamos variar um pouco? O Brasil nao eh soh Rio e SP.
Peguei bode dessas novelas, nao assisto mais. Parece que elas tiveram que mudar pra agradar uma massa que hoje em dia nao quer mais coisas poeticas, apenas coisas escrachadas (nao sei como escreve).
O publico nao aceita mais o tipo de novelas que se fazia antigamente, se bem que a audiencia da Globo nao eh mais a mesma depois da ascencao da internet, da tv a cabo, dos seriados....

Katherine disse...

Também acho o fim o romance da filha com o cara que quase matou o seu pai. Além disso, vai disputá-lo com a mãe. Provavelmente, o cara que já foi para cama com a mãe, irá com a filha e depois voltará com a mãe. Chega a ser nojento .Já gostei das novelas deste autor, mas essa não tenho como engolir, parei. Não é à toa a baixa audiência.