21 de junho de 2012

Ângela Bismarck: julgá-la e condená-la, por quê?

2 COMENTÁRIOS

A discussão sobre o fato de Ângela Bismarck não ter abandonado o reality Show ao saber da morte trágica da irmã continua na net, suscitando os mais divergentes julgamentos e as mais diferenciadas opiniões. Alguns acham-na fria, calculista, oportunista e insensível; outros julgam-na uma mulher forte, guerreira, determinada e corajosa. Cada um avaliando a atitude da modelo em conformidade com seus próprios valores sociais, religiosos, culturais e “fofocais”, claro, pois o tema vem mesma a calhar com o esporte preferido de fofoqueiros e fofoqueiras, inclusive os que estão participando de A Fazenda 5. 
Como nada se sabe acerca dos motivos dela fica complicado a julgar as atitudes e as reações de pessoais de uma pessoa de quem pouco conhecimento se tem, com quem jamais foi trocado qualquer tipo de conversa ou se teve alguma aproximação. O que se sabe de Ângela limita-se ao que a mídia divulga, nem sempre de forma correta e quase sempre de modo tendencioso. Trata-se de uma questão muito pessoal, de foro íntimo. Não se pode padronizar as reações das pessoas perante a morte, da mesma forma que não é viável o estabelecimento de normas que ditem como a pessoa deva se comportar diante dos sentimentos, principalmente diante da dor. 
Julgaria a atitude de Ângela Bismarck ao optar por ficar na fazenda, se não tivesse a firme convicção de seu sentimento de amizade pela irmã e do seu sentir, da sua dor e do quanto a tragédia a afetou. 
E o que torna o caso mais complicado é o fato dela ser famosa, pois, como pessoa pública e famosa, tudo assume uma proporção bem maior e mais difícil de contornar. 
Acredito que o certo é respeitar a decisão dela, mesmo os que não concordam com ela. Pois, na verdade, não existe isto de estar certo ou errado, quando se trata do sentir, algo único, subjetivo e que é em nós absoluto. Os sentimentos têm a sua lógica interior. Mas a nossa lógica mental, racional, é inoperante perante esse fluir inconsciente e espontâneo da nossa vida afetiva que, em alguns casos até nos surpreende, choca e amedronta. 
O sentimento de cada pessoa não pode ser discutido ou julgado, porque nada esclareceria ou acrescentaria à sua realidade existencial exclusiva, particular e única. Podem condenar-se eticamente certos sentimentos, ou expressões do nosso sentimento. Mas, o sentimento em si é uma realidade indiscutível. É um dado subjetivo, não surge da nossa racionalidade, escapa ao controle da razão. Discutíveis são os dados da razão. Sim! Os dados da Razão são discutíveis e passíveis de julgamento e execração. Sim! As idéias, todas elas são discutíveis, pois nunca se é detentor da verdade absoluta, irrefragável. Lógica e dialeticamente podem defender-se os mais evidentes absurdos. 
Recuso-me a julgar Ângela, porque tenho a minha maneira pessoal de encarar a morte e a dor da perda de uma pessoa amada. Já fiz algo parecido com o que ela fez, não por indiferença, mas por não suportar a violência do velório e do sepultamento para o meu sentimento de dor. Detesto velórios... Abomino ver as pessoas fofocando enquanto velam o falecido. Portanto, eu ficaria na fazenda, bem longe do assédio da mídia, dos curiosos e da exploração da tragédia pela imprensa falada, escrita e televisionada. Não suportaria a exploração do caso pelos noticiários televisivos, desnudando a intimidade e banalizando a intimidade da minha irmã. Por que teria de submeter-se a tão desumano massacre da mídia ávida de macabro sensacionalismo? O que representa velórios e sepultamentos, se ali apenas está um corpo morto, sem a presença do espírito eterno de quem partiu para uma forma de vida bem melhor? Se para quem morreu, de nada serve os rituais convencionais pós-morte, por qual motivo Ângela deveria ter abandonado A Fazenda para prantear Angelina? Chorar e orar podem ser feito em qualquer parte. Luto não é o que demonstramos com trajes negros, com cara de enterro e intermináveis prantos junto a cova do ser amado. Não! A dor da perda, sendo um sentimento, é interior, é um tumulto doloroso que parece rasgar o coração, é uma tristeza, uma agonia e uma saudade que nos silencia. 
O que ela poderá fazer pela irmã é orar por ela, é enviar-lhe muita energia positiva, energia do amor que sente por ela. No plano em que Angelina está só precisa do amparo dos Irmãos Espirituais com sua luz e sabedoria, o que tenho certeza de que teve e está tendo. A excessiva demonstração de sofrimento e de dor perturba o espírito de que se foi, atrapalha a sua adaptação no mundo espiritual. 
Todavia, acredito que Ângela vai ser julgada, criticada e condenada impiedosamente por sua decisão de ficar em A Fazenda. É possível que seja eliminada pelos que a estão condenando na primeira “Roça” em que a puserem. Acredito que ela vai enfrentar muita maldade fora da casa. Sairá do reality sem os dois milhões que todos ambicionam, encontrando fora da Fazenda apenas a fama de insensível e oportunista por algum tempo. Ângela era muito próxima da irmã, as duas tinham uma relação de amizade muito forte. Portanto, ela está sofrendo!! Ângela falou que Angelina era a "irmã que ela mais amava e era próxima"... Que era o seu porto seguro. O que aconteceu foi muito sério e doloroso. Talvez, a ficha da brutal realidade ainda não tenha caído, isso acontece e a pessoa fica meio anestesiada, com a mente bloqueada. Ao sair do reality, ela vai precisar do apoio do marido e familiares para encarar a dolorosa realidade, a ausência da irmã. 
A desconhecida Cida, do BBB2, também perdeu a irmã e continuou na casa. Acharam a atitude dela de uma mulher forte e determinada, ninguém discutiu a sua decisão. Mas, com Ângela Bismarck é diferente, a mulher é famosa, linda e bem sucedida, conquistou a fama pelo numero de plásticas, pelos desfiles em escolas de samba com o corpão pintado, vestindo apenas um tapa sexo, é modelo e, por causa da trágica morte do seu primeiro marido, assassinado, tornou-se conhecidíssima (e sofreu horrores em termos de acusações, calúnias e outras infâmias). Aí, tudo muda... e, haja cacete no lombo da peoa famosa.


19 de junho de 2012

Pitis e furibundâncias de Nicolão Bahls Becker...

0 COMENTÁRIOS


A nova vítima foi Léo Áquila. Dessa vez, Nicolão Bahls Becker foi sutil na hora dedar o seu recado. A ex-panicat não gritou nem brigou com Léo Áquila, mas foi bastante direta na hora de sugerir que poderia processá-la. A peoa se sentiu ofendida com uma personagem “Gardênia” criada pela performer, que era garota de programa. “Sempre que eu chegava na cozinha, você estava falando dessa personagem. É muita coincidência, não? Mas eu entendo, se você fala quem é a pessoa tem processo. Você sabe que existe lei, né?”, disse Nicole, em tom de azeda e ameaçadora ironia. A conversa entre as duas começou quando Léo perguntou se a ex-panicat já a havia perdoado por tê-la chamado de cabra. Nicole disse que só estava brava com a personagem. “Eu posso não ter empresário, mas advogado bravíssimo eu tenho”, deixou claro, novamente deixando no ar a ameaça.ais cedo, na cozinha, Léo começou a falar sobre Gardênia, uma personagem criada por ele. “A Gardênia reclama de tudo, nunca está contente. Ela é garota de programa. Se acha linda, mas é feia”, disse para as peoas que lavavam louça. A drag queen justificou que a inspiração da personagem é uma travesti conhecida. Nicole achou maldoso. “Não condiz com a minha pessoa”, afirmou.

A vítima da tarde de hoje foi a sossegada patricinha Robertha Portella. A tranquilidade desta terça-feira (19) em “A Fazenda” foi quebrada por alguns instantes devido ao desentendimento entre Nicole Bahls Becker eRobertha Portella. A ex-panicat, encrenqueira oficial do reality, conheceu o lado agressivo da dançarina durante uma conversa na cozinha, onde a Megera Furiosa tirou satisfação com Robertha sobre uma sujeira na despensa. “Você tem que tirar os podres, porque senão estraga tudo. Se cuida todo dia, não era para estar assim”, acusou a ex-panicat. “Se você limpa antes do almoço, depois do almoço acontece isso”, defendeu-se Robertha, apontando para a geladeira. “Se você ver sujeira e quiser limpar, eu não me incomodo”, completou. “Eu vi aquele sangue escorrendo de manhã”, rebateu Nicole. As duas continuaram batendo boca sobre os afazeres domésticos e Nicole se exaltou alegando que a colega estava acusando sem nem saber o que tinha acontecido. Robertha, então, revidou as acusações a altura, erguendo o tom de voz. “Você vai gritar comigo? Porque eu não estou acostumada a isso. Você vai deixar eu falar? Senão vou deixar você falando sozinha”, indagou ela a Nicole. A modelo não deixou por menos e disse que Robertha estava querendo humilhá-la. No entanto, Robertha defendeu-se, falando que apenas perguntou se tinha sido Nicole a pessoa responsável por deixar pingar o sangue da carne no chão. Ela falou ainda que não tinha feito acusação, já que foi falar diretamente com ela. As duas levantaram o tom da voz e chegaram a apontar o dedo uma para a outra. “Você está achando que eu não dou conta de fazer? Então vai lá e faz. E ponto”, desafiou ela. Após o desentendimento, “a ex-panicat Maria chuteira” virou o assunto da casa. 
Gretchen, por exemplo, falou para Ângela Bismarchi na cozinha que vai cortar relações, pois quer ficar longe do estresse. “Como não quero mais estresse, não falo mais com ela”, falou. “A Nicole não convive em grupo, ela é pelo bem dela e não pelo bem do grupo”, completou ela.Robertha também falou sobre o comportamento de Nicole após o desentendimento. A bailarina conversou com Simonee deu pistas de que também vai deixar de falar com ela. “Antes de desistir de uma pessoa, eu tento. E eu juro que tentei”, falou ela sobre Nicole. Simone também aproveitou a deixa para falar sobre a competidora. “Minha intuição dizia que ela é uma boa pessoa, mas estou começando a duvidar”, disse. “Às vezes, acho-a até ingênua, mas em diversos momentos eu quero me afastar”, continuou.Esta é Nicole Bahls, a valentona e encrenqueira oficial da quinta edição de A Fazenda. Ela é a que clona o comportamento agressivo da personagem criada por Theo Becker em A Fazenda 1, mesmo sem ter o carisma e a autenticidade do louro. Ela é a que baba de inveja do sucesso de Joana, a vencedora de A Fazenda 4, jovem linda, inteligente, excelente jogadora, carismática, dona de uma personalidade marcante e de um gênio forte, muito temperamental sem ser estúpida, ferina, venenosa, baixa, vulgar e sem respeito para com seus desafetos. Imitar Theo e Joana, na ilusão de que sairá bilionária do programa é um ato de insanidade megalômana, pois a distância de Nicolão Metralha e os dois ex-peões é de milhões de anos luz. Nicole não passa de uma medíocre, complexada, descontrolada e muito necessitada de um urgente auxílio terapêutico de um psicólogo que a ajude a superar tudo quanto faz dela uma pessoa de dificílima convivência... Essa mulher é a treva!!!


3 de junho de 2012

Raquel Pacheco e Ângela Bismarch sem hipocrisia!

0 COMENTÁRIOS

Fizeram o maior auê com a resposta que Ângela Bismarchi deu a Brito à propósito da inoportuna pergunta que o apresentador lhe fez, ou seja: Você é casada e autora de um livro sobre sexo, então como será para você ficar confinada durante três meses, longe do seu marido? Será difícil ou não? A resposta franca e direta, que deixou Brito na maior saia justa, foi dada com a maior naturalidade: Ângela Bismarchi disse: "precisarei apenas encontrar um cantinho para me masturbar". Com esta declaração causou polêmica e muitos comentários desfavoráveis a ela Brito quase desmaia! Ô, povo hipócrita!  Cuidado com suas perguntas, Britinho!  Queria que uma mulher descolada, modernosa e expert em sexo respondesse o quê?

Muitos acharam um escândalo, outras se disseram chocadas, como se tivessem ouvido algo que nem sabiam que existe. Ora bolas! Até Monique Evans, uma ex-peoa, que dizia coisas bem mais pesadas, jogou pedra em Ângela. Quanta hipocrisia! Duvido que todos que ficam confinados no BBB e em A Fazenda não pratiquem a masturbação. Apenas alguns revelam que fizeram e outros ficam calados (o que é uma atitude correta, porque a ninguém interessa as intimidades dos outros). Acontece que a masturbação feminina é ainda tabu. A masculina não é. Ninguém se escandalizaria se a resposta dada por Ângela tivesse sido dada por Vavá. 

A respeito desse assunto, li uma postagem de Raquel Pacheco (Ex-Bruna Surfistinha), com um depoimento franco e sincero acerca da sua experiência no confinamento. “ 

Dias depois, quando saí do confinamento, li uma matéria numa revista que dizia logo no título: “Bruna Surfistinha declara que se masturbou em A Fazenda”. O texto estava escrito num tom como se eu tivesse cometido um crime. 
A primeira vez que me masturbei lá foi na casa da roça, na segunda semana, momentos antes da prova do fazendeiro. Fui ao banheiro e fiquei um bom tempo. Precisava relaxar. E desde então, foi uma prática muito comum para mim, em meus 3 meses de confinamento… Da metade do jogo em diante, já dá para se masturbar tranquilamente no banheiro da sede, pois há menos pessoas querendo usá-lo. 
Ângela logo descobrirá que o cantinho que procura está mais perto do que imagina: no banheiro do celeiro. Mas, acho que ela já sabe! “ 

Agora eu pergunto: alguém viu Raquel se masturbando na Fazenda? NÃO! Da mesma forma que ninguém verá Ângela fazendo a mesma coisa, como aconteceu com Priscila Pires (com o travesseiro), Fani Pacheco (como o chuveirinho do sanitário) e todas as outras e outros que fizeram e tiveram a decência de não falarem em suas itimidades. Mas Daniel masturbou-se na pista de dança e sobre o edredon da própria cama e acharam lindo, engraçadinho, como acharam uma fofura Maria Melilo tentando estuprar MauMau, agarrando o bilau do rapaz na marra, ao vivo e a cores... Portanto, a Ex- Surfistinha mostrou-se uma pessoa muito mais decente que as peguetes que Boninho seleciona para promover a fudelância no BBB. Com a Maria Chuteira Monique a fudelância com Daniel, ambos bêbados, acabou nas mãos da polícia. Portanto, o que Ângela disse simplesmente expressa o que todos/as fazem, sozinhos ou com mais alguém... O mais é pura hipocrisia. 
Ângela apenas respondeu à pergunta inconveniente de Brito. Indecente são as cenas de sexo protagonizada pelas peguetes Renatinha com Ronaldo e com , Laisa e Monique no BBB11, Imoral foram as cenas de Maria Melilo transando com três homens do BBB11, abaixo da crítica foram as cenas de furor uterino de Monique 

Raquel Pacheco. (blogdaraquel.blogsfera.uol.com.br)