15 de maio de 2012

Atriz na França, Gyselle Soares é uma estrela do cinema.francês


Até os 17 anos Gyselle Soares tinha um sonho: deixar sua cidade Teresina, no Piauí, e ir morar na Europa. A ex-BBB teve uma infância tão triste e sofrida, da qual prefere nem lembrar. Filha de uma professora, tomava conta dos três irmãos para a mãe poder ir trabalhar e presenciava as cenas de agressão protagoniza-das pelo pai alcoólatra.
Quando completou 18 anos, deu um grito de liberdade e partiu para a "Cidade Luz". Quase dez anos depois, Gyselle conta que é dona de dois apartamentos no Brasil além de um Porsche e muitas roupas de grife no armário de Paris, onde aluga um apartamento de dois quartos em Lafayette, centro de compras da cidade.
Recentemente, Gyselle protagonizou seu primeiro filme como atriz na França, "Dépression Et Des Potes". Na semana passada, em visita ao Brasil para negociar um trabalho - sobre o qual ela ainda prefere manter segredo - Gyselle conversou com o EGO no Jardim Botânico, no Rio.
A ex-BBB chegou ao local em um carro conduzido por um motorista e com um visual impecável, inspira-do, segundo ela, em "Alice no País das Maravilhas". “Escolhi esse figurino para mostrar meu lado bonequinha”, divertiu-se Gyselle.
Você sofre preconceito na França por ser brasileira?
Nunca sofri preconceito na França, sofri aqui mesmo em meu país. Aqui no Brasil é que inventaram a histó-ria da minha vida ser duvidosa lá fora, que eu me prostituía. É errado achar que todo mundo que vai para lá se prostitui. Muita gente vai para ralar, como eu fui. Cuidei de criança, de casa... Ninguém vai para se pros-tituir, vai para trabalhar, para realizar seus sonhos, como foi o meu caso.
Você já recebeu convite para fazer programa?
Nunca recebi convite para fazer programa. Já recebi propostas de homens ricos, milionários e jovens, que queriam casar comigo. Mas eu nunca quis porque queria ter o orgulho de comprar as coisas com o meu próprio dinheiro e do contrário, acho sujo.
Depois de dez anos morando na França, seu francês foi impecável para fazer o filme?
Meu francês hoje é perfeito porque fui para lá há dez anos - não tenho vergonha de falar minha idade (ri-sos). Ele está muito bom. A única coisa que precisei trabalhar foi para diminuir o sotaque. Fiquei um ano tendo aulas com uma "coach" (professora).
Qual o motivo de sua visita ao Brasil?
Vim porque estava com saudade do meu país e para fazer alguns trabalhos aqui. Também vim fazer outra coisa, que não posso contar... mas adianto que é uma coisa muito boa.
Além dos filmes e seriados para a Tv, Giselly faz campanhas publicitárias para marcas famosas. O cofrinho da linda vai muito bem, obrigada.

Pois é, para os que perseguiram, difamaram e caluniaram essa moça na época do BBB8, aí está a resposta da bela Gisely: bem sucedida, famosa, internacionalmente conhecida e mais linda que nunca! As campa-nhas difamatórias de certos blogs foram das mais execráveis e vergonhosas que já vi. Mas a bela Gisely , apesar das manipulações de Boninho e dos mutirões dos que queriam destruí-la moralmente e, ao mesmo tempo, impedir que fosse a campeã, conquistou um segundo lugar . Perdeu para o babaquinha Rafinha, um cantorzinho bobinha, apadrinhado por Bones.

Adoro testemunhar o sucesso da Cajuína! Torci por ela, junto com a turma do Sociedade Brasilis, votei como uma danada na final e tenho acompanhado a trajetória triunfante da piauiense .
Fonte: EGO, no Rio

Nenhum comentário :