18 de janeiro de 2011

Abaixo o preconceito contra Ariadna!

O problema gerado contra Ariadna deriva da divulgação antecipada da presença de uma transex na casa, antes mesmo de serem comunicado aos participantes que haviam sido escolhidos. O senhor todo poderoso jogou nas costas da moça uma pesada carga com imensa potencialidade para suscitar polêmica. E foi o que aconteceu e o que a está prejudicando dentro e fora da casa.

O diabólico preconceito é tão cego e perverso ao ponto de não ensejar que ela é a mais engraçada, a que tem mais repentes espirituosos, a que sempre tem uma palavra boa e incentivadora para quem está com algum problema, sempre muito espontânea, companheira, carinhosa e extremamente carente, com uma carga pesada de sofrimentos e de tristeza que se refletem em seu olhar e sorriso tristes.

Ela é muito mais importante para o dinamismo do jogo que os outros emparedados. Mas há um senão que anula todos e quaisquer predicados que possa ter Ariadna: ela é transex e garota de programa. Vixemaria! Que coisa terrrrííííííível !... não é mesmo, gente pudica, devota e pura do meu país democraticamente decentíssimo, contrário ao preconceito e apoiantefervoroso das diferenças!

Paradoxalmente, somos tão hipócritas que recebemos com grande curiosidade e satisfação a notícia de que uma transex seria participante do BBB11. Decerto, imaginavam que seria uma espécie de Roberta Close, exuberante, branca e linda. Infelizmente, Ariadna não foi privilegiada pela beleza e pelo carisma que esta desperta. Somente por isto, na hora de escolherem entre elas e outros/outras samambaias inúteis do programa, a preferência do povo, guiada pelo preconceito demolidor, defenestra “a pecadora”, a execrável criatura que teve a ousadia de assumir o corpo que condiz com a sua alma feminina, com a sua mente de mulher.

Nota mil para Jaqueline pela grandeza de alma, pelo despojamento de preconceitos que teve a sensibilidade de tomar Ariadna nos braços e tentou consolá-la e tranqüilizá-la pela aflição em que ficou após ter assumido ser garota de programa. Jaqueline, que em sua negritude, bem sabe a cor e o sabor amargo da discriminação preconceituosa disse-lhe que existem pessoas preconceituosas, sim”.

Tanto a indicação de Ariadna foi fruto do preconceito machista de Cristiano, quanto à eliminação dela seria uma manifestação decepcionante do tão negado preconceito dos brasileiros. A blogsfera está mobilizada em sua grande maioria para impedir a eliminação de Ariadna. O voto em Janaína é que tem força para salvar Ariadna. Votar em Lucivaldo só prejudicá-la. Vamos testar, mais uma vez se temos a mesma força que tivemos em outras campanhas em defesa de algum/a emparedado/a.


2 comentários :

TDM disse...

Post lindo Eva.
Muito humano.
E votei algumas vezes para a samambaia sair, por ser chatiiinha...
Queria ter visto desenvolvimento da pessoa Ariadna, embora não gostasse de seu jeito escrachado.
bjk

Eva-RN disse...

Jane, também não gostava das maneiras vulgares dela. Mas sentia uma imensa compaixão por sua história tão complicada e todo o sofrimento que deve ter suportado.