30 de julho de 2016

Ivete Sangalo dá uma grande lição sobre respeito e igualdade...

0 COMENTÁRIOS


Na última quarta-feira (27), Ivete Sangalo fez um discurso emocionante durante a entrevista de lançamento do novo DVD "Ivete Sangalo - Acústico em Trancoso".
Na coletiva, uma das perguntas se referia à responsabilidade de, como uma das celebridades mais influentes do Brasil, levantar a bandeira LGBT. A resposta foi uma grande lição sobre respeito e igualdade. 

"Eu sempre tive uma preocupação de não interferir nas decisões das pessoas sob um prisma meu. Sobre coisas das quais eu acredito e que em algum momento da minha vida eu possa mudar o conceito sobre isso. (...) Mas coisas que eu tenho a convicção de que são verdadeiramente honestas e eu jamais mudaria minha posição sobre elas, aí eu abro o bocão.
Diante de fatos, como a homofobia, isso é humanamente inadmissível. Não há nada que possa mudar, nada que possa vir, que possa transformar minha opinião sobre isso. Porque politicamente, hoje eu posso acreditar em algumas coisas dentro das minhas necessidades como cidadã, que é diferente da necessidade da grande maioria, por conta de oportunidades, estilo de vida que eu tenho, as opiniões, mas com relação a isso, que é algo que não vai mudar, você não respeitar o outro porque o outro é homossexual... O que o fato de alguém ser homossexual mudará na vida minha ou na sua? Fique atento, porque pode mudar sempre para melhor. [...]

"O mundo está do jeito que está porque as pessoas não se libertam para o amor. As pessoas se prenderam no ódio, no julgamento. Não existe opinião, existe julgamento. E a pior coisa do mundo é a gente não compreender que essa roda cai na gente. Em algum momento seremos julgados também. Isso só gera sofrimento, que gera ódio, que gera angústia, que gera essa quantidade de violência que a gente tem. Eu fico até rubra. Meu rosto fica quente quando falo disso. Por que eu acho isso de uma ignorância, de um retrocesso humano incrível. Em contrapartida, eu fico feliz de que nos tempos de hoje, a gente possa falar.
O gay não precisa ser ajudado não, ninguém quer ajuda não. As pessoas querem respeito. Você pode até não gostar, mas respeite para ser respeitado. Aí amigo, você vê como ia funcionar."

Vale lembrar a importância do debate. Em 2013, foram contabilizados 312 assassinatos, mortes e suicídios de gays, lésbicas, travestis e transexuais brasileiros, vítimas de homofobia e transfobia, de acordo com um levantamento realizado pelo Grupo Gay da Bahia (GGB). O documento inclui a morte de uma transexual brasileira no Reino Unido e um rapaz morto na Espanha. A média é de uma morte a cada 28 horas.
Para Ivete, discutir um assunto é uma arma poderosa de combate às injustiças."Quanto mais se fala sobre isso, mais a casca engrossa, mais defesa se tem, mais consciência se tem dentro da sociedade."

Autora: Isabella Marinelle (Rev. Cláudia)


Sexalescentes ou… Sexygenários?

0 COMENTÁRIOS


Se estivermos atentos, podemos notar que está a aparecer uma nova classe social: a das pessoas que andam à volta dos sessenta anos de idade. Os sexalescentes: é a geração que rejeita a palavra “sexagenário”, porque simplesmente não está nos seus planos deixar-se envelhecer.
Trata-se de uma verdadeira novidade demográfica – parecida com a que, em meados do século 20, se deu com a consciência da idade da adolescência, que deu identidade a uma massa de jovens oprimidos em corpos desenvolvidos, que até então não sabiam onde meter-se nem como vestir-se.
Este novo grupo humano que hoje ronda os sessenta teve uma vida razoavelmente satisfatória. São homens e mulheres independentes que trabalham há muitos anos e que conseguiram mudar o significado tétrico que tantos autores deram durante décadas ao conceito de trabalho. Que procuraram e encontraram há muito a atividade de que mais gostavam e que com ela ganharam a vida.
Talvez seja por isso que se sentem realizados… Alguns nem sonham em aposentar-se. E os que já o fizeram gozam plenamente cada dia sem medo do ócio ou da solidão, crescem por dentro quer num, quer na outra. Desfrutam a situação, porque depois de anos de trabalho, criação dos filhos,
preocupações, fracassos e sucessos, sabem bem olhar para o mar sem pensar em
mais nada, ou seguir o vôo de um pássaro da janela de um 5.º andar…
Neste universo de pessoas saudáveis, curiosas e ativas, a mulher tem um papel destacado. Traz décadas de experiência de fazer a sua vontade, quando as suas mães só podiam obedecer, e de ocupar lugares na sociedade que as suas mães nem tinham sonhado ocupar.
Por exemplo, não são pessoas que estejam paradas no tempo: a geração dos “sessenta”, homens e mulheres, lida com o computador como se o tivesse feito toda a vida. Escrevem aos filhos que estão longe (e vêem-se), e até se esquecem do velho telefone para contatar os amigos – mandam e-mails com as suas notícias, ideias e vivências.
De uma maneira geral estão satisfeitos com o seu estado civil e quando não estão, não se conformam e procuram mudá-lo.
Raramente se desfazem em prantos sentimentais.
Ao contrário dos jovens, os sexalescentes conhecem e pesam todos os riscos. Ninguém se põe a chorar quando perde: apenas reflete, toma nota, e parte para outra…
Os maiores partilham a devoção pela juventude e as suas formas superlativas, quase insolentes de beleza; mas não se sentem em retirada.
Competem de outra forma, cultivam o seu próprio estilo…
Os homens não invejam a aparência das jovens estrelas do esporte.
Nem as mulheres sonham em ter as formas perfeitas de um modelo.
Em vez disso, conhecem a importância de um olhar cúmplice, de uma frase
inteligente ou de um sorriso iluminado pela experiência.
Hoje, as pessoas na década dos sessenta, como tem sido seu costume ao longo da sua vida, estão a estrear uma idade que não tem nome.
Antes seriam velhos e agora já não o são.
Hoje estão de boa saúde, física e mental, recordam a juventude mas sem nostalgias tolas, porque a juventude ela própria também está cheia de nostalgias e de problemas.
Celebram o sol em cada manhã e sorriem para si próprios…
Talvez por alguma secreta razão que só sabem e saberão os que chegam aos 60
no século 21…

Autora: Por Tita Teixeira

21 de julho de 2016

Esta sim é uma cantora que vale a pena...

0 COMENTÁRIOS


Nem só de Anitas, Valessas Popozudas e outras cantorazinhas funkeiras vive a música brasileira. Felizmente ainda há cantoras maravilhosas, talentosas e de qualidade indiscutível que brilham dentro e fora do país. É o caso da soprano brasileira Nádia Figueiredo que canta e encanta fazendo dupla com o tenor Plácido Domingo Jr. Os dois formam uma promissora parceria profissional. Eles gravaram juntos o clipe da canção “The way you look tonight”, feito em diferentes etapas. Primeiro o filho do famoso tenor Plácido Domingo gravou suas imagens na Itália, nos estúdios do canal RAI, e Nádia gravou sua parte aqui no Brasil, onde também foi realizada a edição, o tratamento de cor e a finalização.

“Uma grande parte do meu trabalho é voltada para o exterior. Por isso, tenho muitos contatos com músicos, maestros, cantores e instrumentistas em todo o mundo. Eu precisava de um tenor ou barítono e, como sempre admirei o trabalho do Plácido Domingo Jr., que tem uma voz lindíssima, fiz o convite para ele gravar, em italiano. Ele adorou a ideia e topou na hora. Dessa vez, a escolha de ‘The way you look tonight’ foi porque ele me disse que essa era sua canção preferida”, explica Nádia sobre sua segunda parceria com o músico mexicano.

Plácido Domingo Jr. virá pela primeira vez ao Brasil em maio de 2017, para turnê que passará por Rio de Janeiro, São Paulo e Belo Horizonte (Foto: Manuela Giusto)



14 de julho de 2016

Xuxa encontrou a galinha dos ovos de ouro!

5 COMENTÁRIOS


Que Xuxa vai de mal a pior aos olhos da direção da Record, com seu programeto sem graça e suas inconveniências verbais, isto não é novidade, da mesma forma que se sabe que a audiência do mesmo perde feio até para o programa super brega de Ratinho e que seu contrato não será renovado no fim do ano em curso.. 

Para não ficar com o ego machucado e a auto estima espatifada devido ao seu fracasso, a loura anunciou em uma entrevista recente que ela deixará o programa Xuxa Menenguel para promover um novo produto para emagrecer (GojiLife) que foi aprovado recentemente pela ANVISA. Ai,Jesus! Que historinha mais estapafúrdia! Este produto já está à venda na Net, em revistas e escambau! É a coisa mais manjada da praça!

Aos 53 anos, a criatura ainda não amadureceu, ainda acredita em Papai Noel... Segundo disse, ela investiu 12 milhões de dólares do próprio capital (Ual! Como a muié e rica!) neste produto GojiLife enganação, que como ela e todas as vendedoras do produto afirmam, faz milagres com as banhas das gorduchas crédulas: "Não consegui acreditar como foi fácil. Eu não mudei nada na minha alimentação nem na minha rotina diária, mas a gordura derreteu que nem manteiga. Que milagre, né mesmo? Eu adoro esse negócio! Finalmente, uma dieta que simplesmente funciona. Um produto que eu posso comprovar e no qual posso investir meu próprio dinheiro", e enganas as otárias que jamais vão achar que estão sendo levadas por um engodo pela loura famosa. Ana Maria Braga também ganha com essa enganação... 

Xuxa não é a única celebridade que teve os mesmos resultados após usar esta maravilha para emagrecer. Ana Maria Braga, Kim Kardashian e Jennifer Lopez disseram ter perdido uma quantidade considerável de gordura e agora estão investindo na nova empresa da Xuxa. É o que ela diz e eu juro que acreditoooo! 

Que coisa feia! Não me causa espanto, porque se enquadra perfeitamente na cultura da enganação, do ganho fácil imperante no Brasil. Qual é a mulherzinha pobre que vai duvidar do que Xuxa afirma? Do que Ana Maria Braga diz, ambas exibindo seus corpitos magros a custa de dietas espartanas e muita academia? Que enganação pérfida! 

Segundo essas duas espertalhonas, o milagroso remédio, que custa quase trezentos reais o frasco, se for tomado uma vez ao dia, ele é capaz de derreter até 3,5 kg de gordura a cada 7 dias e eliminar todas as toxinas do corpo. E o melhor de tudo é que o produto é totalmente acessível! Por isso, a Xuxa conseguiu para os nossos leitores um desconto especial. Vai vendo a manha da loura... Isto é uma vergonha! 



4 de julho de 2016

Luiza Brunet é vítima de agressão do marido...

0 COMENTÁRIOS
Mais um absurdo e aberrante caso de agressão física à mulher está nos noticiários. Desta vez a vítima é a linda e classuda Luiza Brunet de 54 anos. Esta afirmou que foi agredida e que teve costelas quebradas pelo companheiro brutamontes, o empresário Lírio Albino Parisotto, em Nova York, nos Estados Unidos no último dia 21 de maio. Após o episódio, a atriz e modelo se separou dele, com quem tinha uma união estável, informou sua assessoria de imprensa.
A agressão que Luiza disse ter sofrido foi divulgada nesta manhã pela coluna do jornalista Ancelmo Gois, de "O Globo". As informações foram confirmadas ao G1 pela assessoria de imprensa de Luiza na manhã da sexta-feira (1º).
De acordo com uma assessora, a artista desembarcou no Rio de Janeiro no dia seguinte à agressão e, após conversar com uma amiga, viajou a São Paulo, onde prestou queixa no Ministério Público (MP). Ela não registrou boletim de ocorrência na Polícia Civil. A modelo ainda realizou exame de corpo de delito no Instituto Médico Legal (IML).
Por meio de nota, Parisotto afirmou que "lamenta versões distorcidas" que serão esclarecidas "nas esferas legais". Esse tipo de declaração é bem típico de covardes acostumado a comprar punições contra ele.
“Neste momento, venho a público lamentar que versões distorcidas sobre um episódio ocorrido na intimidade estejam sendo divulgadas como única expressão da verdade. Embora compreenda a natural repercussão do caso pelas pessoas envolvidas, tenho a convicção de que no momento e nas esferas legais apropriadas todas as circunstâncias serão plenamente esclarecidas".
O sujeitinho ainda tem a ousadia de achar que pode explicar seus atos de agressão física a uma mulher que a deixou com três costelas partidas e um imenso hematoma no rosto. 
A assessoria da artista informou ao G1 que Luiza não irá se pronunciar sobre o caso, e que os detalhes da denúncia pública que ela fez contra Parisotto estão na coluna de Gois. De acordo com o blog, o empresário agrediu a atriz após eles jantarem com amigos em um restaurante em Nova York. Segundo o relato dela, o casal saiu do estabelecimento e foi ao apartamento dele, onde o homem deu um soco na atriz, seguido de chutes.
Segundo a coluna, Luiza informou que Parisotto a derrubou no sofá e a imobilizou até quebrar quatro costelas dela. Ela conseguiu se trancar no quarto e no dia seguinte voltou para o Brasil.
Em sua página no Facebook, a modelo postou em 25 de maio, quatro dias após o incidente, uma foto com parte do rosto coberto pelos cabelos e uma frase: "A maquiagem forte não esconde o hematoma da alma". Luiza é embaixadora do Instituto Avon, que faz campanha contra a violência doméstica.
Com uma fortuna avaliada em US$ 1,1 bilhão, Lírio Parisotto é a 28ª pessoa mais rica do Brasil, de acordo com o ranking da Revista Forbes. Ainda segundo a publicação norte-americana, o empresário construiu grande parte deste montante no mercado de ações brasileiro.
O gaúcho Lírio Parisotto aparece como um dos 600 homens mais ricos do mundo, com uma fortuna estimada em quase US$ 2,5 bilhões, ou mais de R$ 8 bilhões.
Ter feito a denúncia da agressão foi muito acertado, pois servirá de estímulo para outras mulheres que sofrem agressões de seus nervosinhos companheiros. Espero que ela abra um baita processo contra esse cara truculento e covardão. 

Fonte da notícia: Vivian Reis e Kleber TomazDo G1 São Paulo