30 de julho de 2014

As flores voltam a enfeitar os cabelos

0 COMENTÁRIOS


Naturais ou artificiais, as flores voltam a enfeitar os cabelos. Saiba quais os cuidados a serem tomados para um bom look
Em 2011, Jasmin Larian começou a fazer coroas florais com seda nas horas de folga para que ela e as amigas usassem pela cidade. Ela tinha 21 anos e estudava no Instituto de Tecnologia em Moda. Seus designs eram modestos – rosas brancas e cor-de-rosa sobre uma tiara simples de metal –, mas as pessoas reagiram imediatamente.Elizabeth Lippman/The New York Times Rawan Rihani, florista da Stone Fox Bride, mostra uma coroa de flores recém-feita
"Eu estava no Jane Hotel certa noite usando uma coroa", recordou Larian. "Um cara veio na minha direção e pediu para comprá-la para sua namorada por 50 dólares. Eu não queria vender, mas ele me convenceu. Quatro meses depois, voltei a morar em Los Angeles e fui ao festival Coachella, onde vi uma menina usando exatamente a mesma tiara. Ela disse que comprou de outra pessoa por 100 dólares! Foi aí que soube que precisava abrir o meu negócio".
Chamou sua linha de coroas de Cult Gaia porque, segundo ela, "muita gente achava que elas eram objetos de culto e Gaia é a deusa da Terra". Começou a vendê-las a sério por um site. Agora, compra flores de seda antigas de todo o mundo e já conta com uma equipe de 10 pessoas em um estúdio no centro de Los Angeles para dar conta da demanda.
Embora tenham um ar de damas da renascença, com malvas e louro no cabelo, ou de hippies dos anos 60 usando margaridas ao redor da cabeça, as coroas florais certamente estão voltando à moda. Inspiradas pelo estilo boêmio e cheio de flores de celebridades como Lana Del Rey, que é frequentemente fotografada com flores multicoloridas nas madeixas, moças usam cada vez mais flores nos cabelos como um objeto de moda e uma nova forma de se reconectar com o mundo natural.
Coroas de flores frescas tornaram-se um elemento obrigatório em festas ao redor do planeta, com floristas jovens e criativos sendo contratados para desenvolver suas próprias criações botânicas.

26 de julho de 2014

Maravilhosos animaizinhos...

0 COMENTÁRIOS


Uma cadela desmaiou de alegria após reencontrar sua dona depois de dois anos de separação. Rebecca Ehalt, da Pensilvânia, havia se mudado para a Eslovênia, mas deixou a pet vivendo nos Estados Unidos, onde morava. Quando retornou, gravou a reação surpreendente de sua schnauzer.

O vídeo do momento em que a cadela, chamada Casey, desmaia ao ver sua dona depois de tanto tempo foi publicado no YouTube.A gravação tem mais de 1.700 milhão de visualizações.

Mais tarde, ao se acalmar, Casey aparece muito feliz enquanto é acariciada pela americana. Ela passa bem.


14 de julho de 2014

A ruidosa celebração do público à Dilma !!!

0 COMENTÁRIOS



Mais uma vez a presidente Dilma Rousseff foi vaiada e ofendida verbalmente, com muita intensidade, quando sua imagem surgiu nos telões do Maracanã, durante a entrega das premiações aos melhores da Copa do Mundo, neste domingo. Durante e após a decisão do Mundial, ela foi hostilizada cinco vezes ao todo por parte do público que compareceu ao estádio, sempre que a sua imagem aparecia nos telões da TV do estádio.

A manifestação se repetiu quando ela apareceu cumprimentando o técnico da Argentina, Alejandro Sabella e foi mais forte no momento em que Dilma entregou o troféu de campeão para o capitão do time alemão, Philipp Lahm. Nesse instante, as vaias se transformaram num cântico ofensivo à presidente. Ela ficou com o troféu em mãos por apenas três segundos, forçando um sorriso amarelo e constrangido. Essa reação do público é a voz do povo e diz muito mais acerca da opinião pública sobre a "nobre e distinta" presidente que as pesquisas de opinião manipuladas, divulgadas pela televisão, que a colocam como a preferida dos brasileiros. 

Antes, quando os alemães recebiam apenas as medalhas pelo título, a euforia da torcida alemã abafou outras vaias à presidente. A música alta no estádio também ofuscou os apupos. Os telões evitaram mostrar a presidente sozinha em meio a outras autoridades, durante a cerimônia.
Lula, pelo menos, teve o bom senso de não aparecer, de não testar a sua dita popularidade... Não foi e não passou pela vergonha de ser vaiado na presença de estadistas e estrangeiros presentes ao evento. 

Heim, Dilminha, tanta gastança, tanto dinheiro investido no palco que serviu de cenário para a mais vergonhosa derrota da seleção brasileira?!!! Valeu a pena, senhora presidente? 

Agora, vamos que vamos para as urnas em outubro! Que as vaias se transformem em votos nas urnas contra a candidata petista. Torci contra a seleção brasileira, da mesma forma que torço pela derrota dessa nobre senhora nas eleições presidenciais.
A Alemanha mereceu ganhar a copa. Deram uma lição de educação, civilidade, respeito e correção durante as partidas disputadas e fora delas. Foram os mais simpáticos e sem ôba,ôba, além de jogarem um futebol de primeiríssima categoria que os brasileiros estão muito longe de conseguirem jogar.  

Já é tempo da seleção brasileira deixar de frescurinhas feminis, mais preocupados com os cabelinhos e pranchinhas de alisamento, com as pinturas ridículas, com as rezinhas dentro do campo, com as supertições (como jogarem sal grosso no gramado), e com os corações com as mãozinhas, chorinhos fora de hora e outros pitis e chiliques...  É tempo de se comportarem como CABRA  MACHO.

Postado por Eva/RN