30 de abril de 2010

A cadela ganha mais que os funcionários!

1 COMENTÁRIOS

Segundo informa Fabíola Reipert, os funcionários da parte técnica do programa MAIS VOCÊ comentaram por aí uma grande e obscena descoberta, daquelas de deixar até o diabo sentindo a vergonha alheia: descobriram que a cadela poodle Belinha, pertencente à Ana Maria Braga, ganha salário maior que o deles. A ilustre cadelinha, cheia de famosidade, recebe a bagatela de R$ 3.000 por mês.
O mais surrealista, absurdo e ridículo: até crachá ela tem. Com foto. Tá pensando o quê? Afinal, a estrela canina precisa de dimdim para pagar o salão de beleza, depilações, manicure e pedicure (paticure?), hidratação do pelo, tosas de qualidade e perfume francês, adereços... Tudo bem de acordo com a futilidade e superficialidade da sua botocada dona.

Agora, os profissionais da Globo estão tentando descobrir quanto ganha Sombrinha, o outro cão da apresentadora que, também, é “artista” do programa. Hehehehehehe... Isso ainda vai dar o que falar… Oficialmente, ninguém confirma que os cães tenham salário. Mas, onde há fumaça, há fogo...

Está achando tudo isto um impossível absurdo? Vindo de quem vem, nada é impossível. Se é verdade, um cachorro ganhar mais que o pessoal que trabalha com ela e para ela nos bastidores, significa que para a humanitária e bondosa dondoca, um cachorro que nada faz, apenas é peça decorativa e dispensável no programa, vale mais que uma pessoa que está suando a camisa para sustentar a família.

Isto tem a ver com os valores que hoje em dia estão todos subvertidos, adulterados e sob um processo de crescente decadência. Grandes exemplos disso temos tido nos próprios programas da Globo, como o recente BBB10 com o reles nível moral da maioria dos participantes de ambos os sexos e na novela VIVER A VIDA. Nesta é mostrada a vida de uma deficiente da classe alta, patricinha mimada, rodeada de todo os aparatos que o dinheiro compra, quando deveria mostrar uma deficiente da classe média assalariada, gente comum com todas as dificuldades que realmente enfrenta. Isso sem falar em uma menina de pouca idade, fazendo a vilã da trama, que manipula com crueldade as pessoas que a incomodam. Ignoro qual seja a lição que o autor está tentando ensinar, coisa boa é que não parece ser.

Portanto, vindo da Globo e, especialmente, vindo de programas dirigidos pelo execrável Boninho, como é o caso do BBB e do Mais Você, tudo de ruim pode ser esperado. E a boataria não fica apenas no caso do salário dos cachorros. Tem mais: O programa Mais Você passará por uma mudança editorial após o retorno de Ana Maria Braga da viagem a Portugal. E é claro que há o dedo de Boninho nessa mudança.

Para dar “frescor” à atração, o núcleo de J.B. Oliveira, o Boninho, está mexendo na equipe de edição. Sai uma editora-chefe experiente, com mais de 40 anos de idade, e entram duas jovens editoras-chefes, na faixa dos 30, ambas reveladas nos bastidores do reality show Big Brother Brasil. Deu para sacar o lance? As duas substitutas foram “achadas” dentre candidatas ao BBB10. Duas apadrinhadas novas, decerto da mesma estirpe das mulheres que integraram o pífio núcleo feminino da edição.

Cada editora será responsável pelo conteúdo de um programa. A edição de segunda-feira, por exemplo, ficará a cargo de uma delas e a de terça, de outra, e assim sucessivamente. A idéia de Boninho é tornar o Mais Você menos repetitivo, diferente a cada dia. Ora, fala sério. Deveriam mudar a apresentadora. Ela é quem está fedendo a mofo e matando de tédio, especialmente quando se mete a dizer mensagens moralizantes. Ela é tão tediosa quanto aquele papagaio falastrão e babaca.

28 de abril de 2010

Lady Laura: uma mulher muito especial

1 COMENTÁRIOS


A notícia do falecimento de Lady Laura deixou-me com imenso pesar, especialmente por saber da dimensão imensa do amor que ligava mãe e filho. Sinto mais esta perda dolorosa de Roberto Carlos, meu amado cantor, desde a época da Jovem Guarda, quando éramos ainda tão novos. E eu, como muitas jovens da época, vivia intensamente os anos dourados do Rock, dos Beatles, de Elvis e, também, dos nossos cantores do chamado “yê, yê, yê”, daquelas “alegres tardes de domingo”.

Lady Laura foi uma mulher extraordinária e uma mãe dedicadíssima que soube sonhar, até as últimas conseqüências, os sonhos do seu filho, acreditando em seu talento e na qualidade de suas músicas. Foi ela quem ensinou ao Roberto os primeiros acordes no violão, foi ela quem o levou a cantar nas matinês infantis da Rádio de Cachoeiro de Itapemirim, além de ter sido a grande incentivadora do talentoso filho.

Durante toda a trajetória artística de Roberto, uma única vez Lady Laura aceitou dar uma entrevista para a revista Contigo, no dia das mães, em 2004. Não que tivesse alguma coisa contra a imprensa, apenas não achava certo aparecer sob as luzes dos holofotes que, na verdade, não lhe pertenciam, pois não era nenhuma celebridade. A única celebridade era o seu filho.

Dotada de uma enternecedora simplicidade e modéstia, era avessa ao luxo e a aparatos sociais, a tratamentos formais. Gostava de ser chamada simplesmente de Lalá. Ela ia a todos os shows de Roberto, mas nunca ficava na platéia. Seu lugar preferido era nos bastidores. Ela o acompanhava e dava-lhe a benção, sem a qual ele não ficava seguro para começar seu show.

Esta mulher e mãe maravilhosas tinha uma consciência tão profunda da ligação fortíssima que os ligava que dizia, cheia de serena convicção: “ Eu e Roberto somos unos, somos uma pessoa só”. Esta é a mais bela história de amor que já conheci entre duas almas gêmeas que vieram à presente encarnação como mãe e filho. E como tal viveram uma relação espiritual de amor platônico que transcendia ao plano meramente humano e os projetava nas estrelas.

A canção ”Lady Laura” é um hino do amor filial de um filho que guarda na memória e no coração uma lembrança extraordinariamente feliz da sua convivência com a sua mãe. O perfil de Lady Laura é o de uma mãe presente, amiga, carinhosa, que tinha sempre a palavra certa para serenar e dar confiança ao seu menino, que tinha os braços abertos para o abraço necessário nos momentos de aflição, era o sorriso certo na alegria e a mão estendida nas horas difíceis. Aos 96 anos, esta alma pura pegou as asas brancas e voou para o Infinito, voltou para casa, de onde, decerto, continuará a acompanhar e a abençoar seu amado menino...

Lady Laura

Tenho às vezes vontade de ser
Novamente um menino,
E na hora do meu desespero
Gritar por você,
Te pedir que me abrace
E me leve de volta pra casa,
E me conte uma história bonita
E me faça dormir.

Só queria ouvir sua voz
Me dizendo sorrindo
Aproveite o seu tempo
Você ainda é um menino.
Apesar da distância e do tempo
Eu não posso esconder.
Tudo isso eu às vezes preciso escutar de você

Lady Laura, me leve pra casa
Lady Laura, me conta uma história
Lady Laura, me faça dormir
Lady Laura

Lady Laura, me leve pra casa
Lady Laura, me abrace forte
Lady Laura, me faça dormir
Lady Laura

Quantas vezes me sinto perdido
No meio da noite,
Com problemas e angústias
Que só gente grande é que tem.

Me afagando os cabelos
Você certamente diria
Amanhã de manhã você
vai se sair muito bem.

Quando eu era criança
Podia chorar nos seus braços
E ouvir tanta coisa bonita
Na minha aflição.

Nos momentos alegres
Sentado ao seu lado, eu sorria
E, nas horas difíceis
Podia apertar sua mão

Lady Laura, me leve pra casa
Lady Laura, me conta uma história
Lady Laura, me faça dormir
Lady Laura

Lady Laura, me leve pra casa
Lady Laura, me abrace forte
Lady Laura, me faça dormir
Lady Laura

Tenho às vezes vontade de ser
Novamente um menino
Muito embora você sempre acha que eu ainda sou
Toda vez que eu te abraço e te beijo
Sem nada dizer
Você diz tudo que eu preciso
 Escutar de você....

(ROBERTO CARLOS)

25 de abril de 2010

O "mico" aloprado de Débora Secco

8 COMENTÁRIOS

A apresentação do grupo feminino em A dança dos famosos foi decepcionante, não por causa dos pares dançantes, mas pela presença de Débora Secco no júri artístico, pagando micos com potencialidades de Gorilas. Poisé, a recém solteira ainda deve está com a cabeça dando voltas e a auto estima mais rasa que o solo pátrio. Fora isto, não vejo razões que justifique seu voto pela eliminação de Sharon Meneses, a melhor da noite, como confirmaram os dois representantes do júri técnico ao prodigalizarem elogios ao desempenho da bela morena, sob o aplauso e os gritos de aprovação da platéia.
Se votar pela saída de Sharon foi uma pisada na bola, a justificativa só agravou o inexplicável de sua escolha... A futilíssima atriz global, falou, (e como se expressa mal! Que vocabulário pobre!) rodeou, enrolou e não conseguiu explicar o inexplicável. Ó, coitada! Teve que arcar com a responsabilidade do único e absurdo voto dado à Sheron, além de ouvir a opinião abalizada do júri técnico e, também de Xexéu, enaltecendo a performance da jovem atriz global, eleita pelos três como a melhor da noite.

Outro absurdo que todos cometeram foram os exagerados elogios à apresentação de Ana Maria Braga, em minha opinião uma das piores, em todos os sentidos. Ela e Letícia Birkheuer dançaram muito mal. Portanto, se a segunda foi a mais votada para sair, o mais decente seria terem ficado calados sobre o péssimo desempenho da enferrujada emperucada do “Mais Você”. Mas, tinham que incensar a apresentadora daquele programinha matinal, tão tolo e insípido quanto ela. A loura é tão “essencial” no programa do Faustão que teve direito de ter seu professor acompanhando-a a Portugal, para ter as aulas asseguradas, no exterior!. É de pasmar!!!

Deu-me aflição ver aquela mulher sexagenária, com roupinha de mocinha, com quilos de reboco, mal disfarçando os plissados da face, a pele manchada de sol (pele de idosas não agüentam muito sol), pescoço esquisito, o sorriso mumificado pelo excesso de botox, denunciando a idade da criatura. Mas o meu momento de maior aflição deu-se, quando o par da emperucada, terminou desastradamente a dança, pegando-a de mau jeito, deixando-a de cabeça para baixo, com aquela horrenda peruca arrepiada... Fiquei tensa vendo a hora a maçaroca de cabelos cair... My Good! Que cena surrealista!

Como Ana Maria Braga está envelhecida! A que aparece no "Mais Você" é beneficiada por uma estudada iluminação e por um “reboco” especial que os maquiadores usam para alisar a pele envelhecida. Longe desses benditos holofotes, os defeitos aparecem todos. Que diferença entre a loura das comidinhas gostosinhas e Wanderléia. E, olhem lá: Wandeca é mais velha que Ana Maria Braga. Mas é discreta, vestia uma roupa mais adequada, linda e de muito bom gosto, tal como aconteceu com Rosa Maria Murtinho, na dança dos Famosos 2009. Esta é uma dama refinada! É uma senhora que está sabendo envelhecer com dignidade.

Dizem que pelo dedinho se conhece o gigante. Pois bem, por esta primeira apresentação e pelas regalias dadas a participante, já posso imaginar quem será a vencedora da edição 2010. Espero que o vexame que Débora Secco sofreu hoje a faça baixar a bola! Que seja mais humilde, que não se coloque como uma expert em dança de salão, fazendo análise ridículas sobre o que não entende, na presença de especialistas no assunto. Menos, Débora, muito menos, quase nada!
Na dança do grupo masculino houve empate entre Stênio Garcia, reprovado pelo júri técnico, e Diogo, com 2 votos dos três integrantes do júri artístico. Coube o desempate a uma pessoa do júri artístico que não havia votado em nenhuma das duas duplas. No desempate, obviamente, quem desempatou salvou Stenio e tirou Diogo. Foi uma aberração e um desrespeito aos que realmente entendem do traçado. Claro que Carlinhos de Jesus não gostou e o clima esquentou nos bastidores do programa. E assim, Stênio e Ana Maria irão longe! Não entendo para que serve o tal de júri artístico, composto por uns babações incompetentes que não conhecem sequer o abc da dança de salão.

22 de abril de 2010

A moda preocupante das pulseiras do sexo

2 COMENTÁRIOS
Uma nova moda entre jovens, e até crianças, invadiu as escolas e as ruas do Distrito Federal e causa preocupação em pais, educadores e polícia. É possível saber qual é a disposição de algumas pessoas para o sexo ao olhar pulseiras usadas por elas. Parece inacreditável, mas é verdade. Meninos e meninas de todas as idades vestem adereços coloridos feitos de silicone, conhecidos como pulseiras do sexo. Cada cor indica uma prática à qual quem está com o adorno se dispõe. Os significados vão de um simples abraço à relação sexual. A regra da brincadeira é clara: quem consegue romper a liga ganha o direito de receber o ato indicado por ela.

O adorno amarelo, por exemplo, é a senha para abraçar, o roxo dá direito a beijar com a língua, o azul significa que a menina faz sexo oral e o preto indica sexo, para citar alguns. O código é amplamente conhecido e divulgado entre os adolescentes.
Para muitos, essa moda não passa de uma brincadeira. "Não é porque a gente usa que vai fazer sexo. Na minha escola ninguém leva a sério", disse um adolescente de 16 anos que estuda na rede pública, na Asa Sul. Porém, um amigo dele, de 15 anos, relata que há festas nas quais os jovens brincam de Snap - nome do jogo no qual são usadas as pulseiras. "No colégio, não tem seriedade. Mas a gente faz festinhas depois da aula, aí a coisa fica quente. Se arrebentar a pulseira, tem que rolar", afirmou.

A Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA) recebe diversos telefonemas, todos os dias, de pais preocupados com os riscos que os filhos podem correr ao entrar nessa moda. Nenhuma ocorrência relacionada ao uso da pulseira foi registrada. "Essa brincadeira tomou uma proporção muito grande. Não podemos proibir, não há argumento legal. Mas os pais devem conversar muito com os filhos antes de comprar essa pulseira, que pode atrair pedófilos e outros dispostos a abusar de adolescentes", alertou a delegada-chefe, Alessandra Figueiredo.

A ideia de relacionar pulseiras a sexo nasceu no Reino Unido, há mais de uma década, como uma brincadeira entre adultos em casas noturnas. No Brasil, a mania começou no fim de 2009 e ganhou, principalmente, os pátios dos colégios. Em uma escola particular de Taguatinga Norte, frequentada por crianças e adolescentes de classe média, dezenas de meninos e meninas dos ensinos fundamental e médio usam o acessório. Um garoto de 10 anos desfila com a cor vermelha no pulso, que indica uma lap dance, um tipo de dança erótica. Assim como ele, outras crianças passeiam com o adereço no pulso.

Diretoria e professores se mobilizaram para orientar os estudantes. "Recortamos reportagens sobre o tema e colamos nos murais da escola. Orientamos os alunos sobre o que cada cor significa. Não sabemos até onde tudo isso é verdade, então não proibimos. É um serviço de orientação. A partir do momento que começamos a falar sobre isso, o número de alunos que usava diminuiu bastante. A grande maioria não sabia o que significava. As meninas, principalmente, ficaram horrorizadas", explicou a diretora Norma Soares.

A cena se repete em um colégio público da Asa Sul, onde uma menina de 14 anos usa 83 pulseiras. Nos braços dela está o sinal verde para práticas sexuais. "Já quebraram umas 10. Os meninos tentaram pegar em mim, mas eu bati neles e eles desistiram", afirmou a adolescente. "Minha mãe fala que posso usar, mas não devo fazer o que as pulseiras indicam. Antes eu usava mais. Fiquei com medo porque rolam umas histórias de que as meninas são estupradas por vestirem isso", opinou uma estudante de outro centro de ensino.

Uma garota de 15 anos disse ter queimado as pulseiras depois de descobrir o que elas sugeriam. "Eu ganhei de presente de uma amiga, depois comprei algumas. É normal trocar entre amigos, nas escolas. Para mim não era nada demais, mas hoje morro de medo. Minha mãe me pagou muito sapo", contou. A Secretaria de Educação do DF informou que não pretende proibir o uso das pulseiras, mas enviou uma circular a todas as escolas com informações sobre o assunto.

Os pontos de venda das ligas são variados: vão de camelôs a lojas convencionais. Há até comércio ambulante na porta de algumas escolas. As pulseiras vêm em um pacote de plástico comum, sem nenhuma indicação de como "brincar" ou sobre o fabricante. A embalagem com 10 unidades de cores variadas custa entre R$ 1 e R$ 2. A peça única sai por até R$ 0,30. Cleonice Alves, 39 anos, comercializa o acessório na Feira de Ceilândia. "Já ouvi falar que foi até proibido. Mas isso é uma pulseira e não um preservativo, não tem nada a ver com sexo. O que induz ao ato é a consciência de cada um", acredita.

No início do ano letivo, o Batalhão Escolar da PM promoveu encontros com os pais e professores para alertar sobre os perigos dessa moda. A corporação chegou a se manifestar sobre o assunto e distribuiu fôlderes educativos em fevereiro. À época, o antigo comandante do policiamente escolar, tenente-coronel Marcos de Araújo, informou em entrevista divulgada pela Secretaria de Educação do DF que, "às vezes nem o próprio adolescente tem idéia da dimensão de usá-las e, mesmo sem ter a intenção, ele pode incitar um comportamento agressivo ou inadequado contra ele próprio, seja por parte de alguém que também usa a pulseirinha, seja por parte de alguém que conheça o seu significado".

Os jovens, por meio de redes sociais, compartilham mais do que informações sobre a pulseira. Dividem também experiências sexuais. O Orkut tem pelo menos 11 comunidades dedicadas aos usuários desse enfeite. A mais frequentada contava com 152.965 participantes, até a última terça-feira. Três dias depois, na sexta-feira, tinha 153.297 adeptos. Mais de 800 membros afirmam morar no DF. Há crianças e adultos entre os perfis mostrados. As outras comunidades têm entre 2 mil e 130 mil participantes. Nos fóruns de discussão, os participantes comentam a serventia das pulseiras e aproveitam para fazer amigos que também aderiram a essa moda.

Significado das cores:

Branca: a menina escolhe o que fazer
Azul: sexo oral a ser praticado pela menina
Vermelha: dança sensual
Laranja: mordida no pescoço
Amarela: abraço
Rosa: mostrar o seio
Roxa: beijo de língua
Verde: sexo a ser praticado pelo rapaz
Preta: sexo
Dourada: vale tudo
_____________________________

Autora: Leilane Menezes /11/04/2010
_____________________________

 
A pergunta que não pode calar: Por que as leis proibindo a venda e a fabricação das pulseiras não saíram ainda do papel? Estados, Municípios espalhados pelo Brasil têm levantado protestos contra as pulseiras, arrotam providências mirabolantes para determinarem o fim de tal modinha obscena, que estimula a promiscuidade e a iniciação sexual precoce, da mesma forma que se afirma como um convite à ação de pedófilos e estupradores. No entanto, nada de concreto foi feito. Que país é este, que não protege as suas crianças? Que tipo de mães e pais são os que permitem aos seus filhos, de ambos os sexos, o uso das malditas pulseirinhas da safadeza?
Sinto dó dessas crianças... Além do péssimo exemplo que recebem da mulherada adulta que se comportam como devassas, alucinadas por sexo e adeptas da mais explícita putaria, como vimos acontecer no BBB10, onde as aulas de putice eram diárias e aprovadas pelo mestre Bial, regiamente homenageado pela xoxota adornada de uma certa Princesa Devassa, da qual guarda uma calcinha preciosa, para alimentar suas fantasias de velhusco libidinoso. O PPV está em muitíssimas residências à disposição das adolescentes e crianças, encantadas com a libertinagem protagonizada pela mulherada, incluindo a tal “Morango”, por alguns homens, dentre os quais os dois gays, todos sem limites nas obscenidades.

Os resultados dessa triste realidade estão na própria mídia: meninas de 12 anos grávidas, fazendo sexo com garotelhos, caindo nas garras de pedófilos, prostituindo-se e sendo vítimas do próprio descaso das famílias que lhes permitem tudo, não as orientam e não as vigiam. Sinto dó, sinto uma grande piedade de todas essas crianças sem infância, precocemente empurrada para um mundo de adultos, sem o preparo devido para defender-se e para terem consciência do que fazem.

20 de abril de 2010

Mulheres que fazem a diferença!

2 COMENTÁRIOS

Preta Gil surpreende-me, cada vez mais. Primeiro foi a minha perplexidade, quando soube da atitude fraterna e solícita que demonstrou, ajudando Lia, a ex-bbb10, após a saída desta do programa. Eu não conhecia esse lado humano, generoso e despreendido. Confesso que não tinha uma boa impressão da cantora. Agora, vejo as fotos dela, de biquine, aproveitando uma manhã de sol na praia com o namorado, pouco se importando se está com o corpo fora de forma, com excesso de peso.

Sei que ela é vaidosa, pois observo suas roupas e seu capricho nas vestes que usa nos shows.  Nestes tempos de mulheres anoréxicas, de fútil culto à beleza do corpo, do apogeu das lipos e da rejeição às gordinhas, Preta Gil irrompe como uma personalidade firme, marcante, muito segura do que é e do que quer, impondo-se como uma mulher bem acima da frivolidade dominante. Faz sentido a afinidade dela com Lia, outra mulher que honra a saia que veste.


Em entrevista do "Jornal da Tarde", Maitê Proença falou abertamente sobre drogas. Admitiu ter usado, mas ter passado dessa fase. "Eu não tenho mais vontade, não me interesso mais", disse, após refletir sobre o que os narcóticos representaram para sua geração.

"As drogas são uma questão da minha geração. Você viajava pelo seu inconsciente. Era uma busca do ser, entendeu? Quem diz que não foi drogado ou está mentindo ou era pouco curioso. Aquilo lá era para você investigar o seu ser. E se aquilo fazia parte de um movimento pela liberdade e pela paz, por que não experimentar?", falou Maitê, que também fez um paralelo entre a sua época e os dias atuais. "Aquelas drogas tinham uma aura muito mais interessante do que hoje, que você sabe que estará dando dinheiro ao tráfico."

Indagada se o uso de drogas atrapalharam sua carreira, ela disse: "Eu não sou da pessoa que fica olhando para trás e falando: 'Nossa! Aquilo lá eu não deveria ter feito'. Se você não dá um passo em falso, você não amadurece". Meus aplausos para a sinceridade de Maitê, para a sua coragem de revelar sua experiência com drogas, correndo o risco de ser criticada pelos preconceituosos.

Maitê, além de atriz é escritora. Admiro a sua forma discreta e equilibrada de estar na vida. Nunca se vê a linda mulher, que ela ainda é, tendo casinhos com rapazotes com idade de ser seu filho, nem envolvida em troca-troca de namorados. Vi umas fotos dela  com o namorado, descansando após uma longa caminhada. Conversaram, trocaram carinhos moderados, tomaram água de coco e ficaram sentados em um banco, até voltarem para casa. Nada de estrelismos, nada de ficar se expondo para ser notícia... Ela se comporta como a mais comum das mulheres. Esta se respeita e inspira respeito e admiração.

Modelos ficaram de calcinha e sutiã na Praça Leicester, em Londres, Inglaterra, nesta segunda-feira, 19. Tudo para a nova campanha da marca de lingeries Triumph. Os homens que andavam pela rua é que devem ter adorado a idéia... Note-se que as mulheres escolhidas para o evento são tipos comuns, como a maioria das mulheres. Nenhuma é um saco de ossos, como as modelos de passarela, não são glamourosas nem bonitas, tampouco siliconadas. Até uma gordinha está entre elas. Uma idéia genial, para mostrar às mulheres que o uso de vistosos lingeries não é privilégio das belas. Aí estão elas com vários modelitos.

Fonte: EGO
 

18 de abril de 2010

LIA e CACAU, tão lindas e tão opostas!

6 COMENTÁRIOS


 Gostem ou não, os que torcem contra o sucesso de Lia, ela vai de vento em popa, na boca da mídia e com a sua agenda de compromissos. Desde que deixou o “Big Brother Brasil 10”, Lia Kher ganhou uma bela repaginada. Os cabelos ficaram brilhantes e sedosos, o figurino está equilibrado, e os pés passaram a ter uma coleção de sapatos superfashion. Os responsáveis pela mudança do visual da paulistana são o maquiador e fotógrafo Fernando Torquatto e a cantora Preta Gil. Os dois sugerem a Lia as melhores peças para vestir e a melhor forma de se maquiar. Preta não só a presenteou com uma bolsa da grife Louis Vuitton, como ofereceu seu maquiador, Salvador Moretti, para cortar os cabelos da “afilhada”.

Que pessoa generosa e solícita é Preta Gil. Eu tinha uma impressão dela bem diferente. Reconheço que me enganei e penitencio-me por não ter enxergado esse lado humano e fraterno da morena. Lia está muito bem acompanhada, por pessoas empenhadas em promovê-la e em orientá-la nesse começo de caminhada. “Em primeiro lugar, eles (Fernando e Preta) me dão amizade e carinho. São pessoas experientes e têm muito a ensinar a qualquer um. Sou ligada e fico prestando atenção no que eles falam. Todo dia aprendo algo novo”, contou Lia.

Quando Lia deixou o reality show, Preta Gil pediu que Cíntia Araújo, a educadora capilar do salão Fashion Clinic, em Ipanema, Zona Sul do Rio, desse um trato no cabelo dela. Cíntia encontrou Lia com os fios ressecados e mechas esverdeadas. A dançarina recebeu um tratamento de choque da profissional e seus fios foram submetidos a uma blindagem cintilante com argila. O processo reestrutura o cabelo danificado e dá um brilho incrível. Depois, ele foi tingido com mechas californianas na cor uísque que combinam mais com seu tom de pele. Para valorizar seu rosto, o maquiador de Preta, Salvador Moretti, fez um corte simples no cabelo de Lia, repicando suas pontas em degradê.

“O tratamento de seu cabelo ainda não terminou. Ela tem agendado um programa de tratamento para os fios que, por causa do relaxamento temporário ao qual foi submetido, perdeu lipídios e ceramidas”, contou Cíntia. Resolvida a questão do cabelo, a sobrancelha que ela tingiu erroneamente de henna antes de entrar na casa aos poucos vai voltando ao normal. Já a maquiagem, graças às dicas de Torquato, deu um destaque especial os olhos de Lia.“Fiz a sobrancelha de henna antes de entrar na casa e não deu muito certo (risos). Mas já está saindo. Sei o básico de maquiagem e gosto muito de delineador e rímel nos cílios”, contou Lia.

No quesito guarda-roupa, a dupla de padrinhos da ex-BBB respeitou a paixão de Lia por vestidos tubinhos e a orientam na escolha do melhor modelo. A dançarina disse que desde a saída da casa tem ganhado roupas e principalmente sapatos. “Sempre adorei tubinhos. Gosto de estar sensual sem estar vulgar. Também adoro uma calça jeans básica com regata branca. Tenho ganhado muitas peças bacanas que nunca me foram acessíveis. O mesmo acontece com os sapatos. Gosto de salto bem alto e as lojas me dão muitos modelos”, disse Lia.

A bela Lia será a capa da Playboy do mês de junho, onde exibirá seu corpão sarado e bem torneado. Não tenho dúvidas que será um sucesso. Como disse Manga, “ no BBB-10só salvou a Lia como figura fiel a seus princípios e leal. O resto não passou de resto e fim. Pode ir prá Playboy, Sexy e tudo mais que não passam de mulheres sem maiores atrativos, sem apelo sensual. Nem a bunda exagerada de uma delas vai além da bunda da Silésia, que mora aqui na esquina e que faz um sucesso fudido aqui no bairro. O Paparazzo, a Playboy, a Sexy desta vez estão mal. O BBB já produziu coisas bem mais interessantes e chamativas, capazes de levantar defunto. Este ano, em matéria de sensualidade ficou a sensação de algo mal resolvido, mais chegado por lado ¨mocréia¨. (http://teleblog-manga.Blogspot.com) .


O EGO noticía sobre o entusiasmo de Kadu com a amiga Lia. "Pelo visto, o atual sucesso de Ivete Sangalo, "Na base do beijo", empolgou os ex-participantes do Big Brother Brasil Lia e Kadu.

Os dois, que até então vinham propagando uma bela e linda amizade, não resistiram aos apelos da letra de "Veveta", que fez show neste sábado, 17, no Rio, e trocaram um beijaço em cima do trio da cantora. Não é fofo?"...  É fofíssimo! Acredito que Kadu não resistiu aos encantos do estardalhaço de morena que é Lia. Os dois estavam na companhia de Serginho, continuando a amizade que cultivaram dentro da casa do BBB10. 


Também recém-saída do “BBB 10”, a Cacau, segue caminhos que talvez não a levem a lugar nenhum no concorrido mercado na TV. Ela diz que não tem medo de andar daqui a um ano na rua e não ser reconhecida. Consciente, a ex-BBB reconhece que para permanecer na mídia é preciso ter talento, mas admite que ainda não descobriu qual é o seu. Chiiiiiiii, com a idade que já tem, ainda se conhece tão pouco? Cabeça vazia dá nisso mesmo. Futilidade e superficialidade resultam nessa falta de consciência de si mesma. Cacau está no período do deslumbramento com a descoberta de que tem uma bem sucedida bundona, segundo ela, a bunda mais famosa do Brasil. Aí, meu São Benedito! Que aflição me dá essas frivolidades da turminha do BBB10.

Realmente, Bunda é muito importante para Cacau... Se não tomar cuidado vai deixar de ser ela para se assumir como a Bunda, tornando-se um ser metonímico que se deixa substituir pela parte, sacrificando o “todo” no altar da vaidade. Para ela, mulher de bumbum grande tem que usar fio dental. Biquíni grande também fica enfiado. Por que não ousar com um pequenininho? Os homens agradecem... Já recebeu apelidos por causa do bumbum. Aquela música “Tanajura”, do Netinho de Paula, o pessoal da escola dedicava a mim. Dentro da casa, era “formiga”, “abelha”, esses bichinhos. Sempre levei na brincadeira. Poisé, a bunda parece ser mesmo o fundamento e o essencial em Cacau! Que diferença ela faz de Lia, a que disse a que veio desde o primeiro dia no BBB10, a que marcou sua presença no programa para sempre, sem usar o corpo como passaporte para a fama.

Desejando aproveitar ao máximo a oportunidade de ganhar dinheiro com seu precioso bundão, já admitiu que posaria nua com outra mulher. “Falei que não com a Morango na época que saí da casa, mas agora me sinto mais à vontade. Vai depender de três fatores: a mulher, a revista e o cachê. Tenho o direito de escolher o momento ideal. Se fosse com a “Playboy” e a Morango, rolaria sim. Mas teriam que pagar o que eu pedisse. Isso, menina. Vai lá e posa para os otários devanearem e esbaldarem-se com a revistinha... Tem mais é que aproveitar os "bicos", mas cuidado para não se deslumbrar e perder o foco na vida real. Tudo isso é onda passageira. Agora digo: posar com uma pessoa como a Morango, pega mal. Não por ela ser lésbica e arrastar uma asa por Cacau, mas pelo caráter nada elogiável da fulana, dentro e fora da casa... “Dize-me com quem andas, dir-te-ei quem és!”

Cacau declarou que não tem medo de andar na rua daqui a um ano e ninguém te reconhecer, pois está ciente de que, para estar na mídia tem que ter talento e preparo. ”Não sei se tenho talento para permanecer na mídia. Vou estudar teatro para ver se levo jeito. Se eu não conseguir nada, volto para o anonimato numa boa. Ex-BBB não é emprego. Vou lutar por um lugar ao sol. Lute mesmo... não desligue o desconfiômetro...

Tem muitas que ainda não caíram na real e vivem como se fosse estrelas de quinta grandeza, gastando os tostões que ganharam em noitadas, baladas e fazendo festas até para comemorar aniversário do final do BBB9. Tudo por uma notinha no EGO, em OFUXICO, na QUEM... Notinhas cada vez mais curtas! Fruta é alimento perecível... depois do prazo para consumo estar vencido, fica azeda, fedida e é descartada. Só se mantém quem tem talento, carisma e competência para competir no concorrido mercado da fama.

“Poisé”, Cacau, vá logo procurando um trabalho para sobreviver após os holofotes, porque bunda modelo jaca, avantajada de assustar, e peitos tipo melões não asseguram a permanência na mídia nem nos aplausos do público. Aproveite bem estes 4 a 6 meses pós- BBB para ganhar uma graninha, porque, depois da PlayBoy e da Sexy, o interesse dos fissurados em mulher pelada declina, passam a querem carne fresquinha e novidade. Depois de alguns meses, os convites vão ficando raros, a imagem desgastada e a grana curta. Que Maroca abra o olho... Que tenha cuidado com a ilusão das deslumbradas. Juntar uma graninha para montar uma lanchonete será o mais sensato! Ó, vida ingrata! Tanta belezura e tanta asneira proferida...

Aliás, não entendo o milagre da multiplicação dos “tostões” de algumas ex-BBB9 que, não têm trabalho efetivo, já não aparecem participando em eventos nem fazendo anúncios de marcas, mas levam uma vida dispendiosa, desfilam um guarda roupa requintado e pagam aluguel caro no Rio de Janeiro ou em São Paulo... É bom que ponham os pés no chão, que observem que já ninguém fala nos que foram do BBB8 e a maioria dos participantes do BBB9 (salvo as que trabalharam em vez de badalarem, como Francine e Ana Carolina, ambas contratadas da RedeTV). A Kiwi só conseguiu trabalho temporário, dado pelo padrinho Boninho, na Globo, assim mesmo dividido com Alemão, em “A Eliminação”. Fani e Natália também apareceram ajudando Bial nas entradas... E ficou apenas nisto.  O tempo delas já passou, como passará o de muitas deslumbradas do BBB10.

Fontes: Ego, O Dia Online.

15 de abril de 2010

Posto que é chama, o amor foi infinito enquanto durou!

6 COMENTÁRIOS


Menos de dez meses depois de um casamento suntuoso e cinematográfico, com direito a castelo como cenário, muita pompa e circunstância, Deborah Secco e o jogador do Cruzeiro Roger Flores já não se entendem. O amor eterno foi de fato eterno e infinito enquanto durou, “posto que era chama”, como diria o poeta.

O conto de fadas resultou num decepcionante falhanço e o casal está separado. Nunca botei fé nesse casamento, pois não é a primeira vez que a atriz faz o maior estardalhaço ao arranjar namorado novo, pelo qual, infalivelmente, fica apaixonadíssima para a eternidade. Com Falcão até tatuagem no pé a apaixonadíssima estrela fez... Que mico!

Com Roger ela pagou o mico de se casar como uma princesa, tal como fizeram os casais, também separados em pouco tempo, Ronaldo Fenômeno e Cicarelli, em um castelo na França, e GiovannaAntonelli com um ricaço italiano, em um castelo na Itália. Coisa mesmo de brasileiros deslumbrados e fúteis, desejosos de viver a fantasia de pertencerem à aristocracia européia. O espírito do colonizado ainda paira sobre muitas cabeças vazias... Ó, coitados!

Voltando ao ex- “nobre” casal em crise, a notícia que corre na mídia é que ele e ela já circulam sem aliança e não se encontraram no feriado de Páscoa, apesar de estarem de folga. Deborah disse a amigos que está muito triste e ainda gosta de Roger. Poisé, onde já se viu casamento com os dois vivendo em países diferentes e tão distantes, como poderia perdurar?

Se ela priorisa a carreira, se fazer um filme é mais importante do que ficar com o marido, se combinou com ele que ficariam juntos depois de casados, até que ela tivesse que participar de uma novela, mas não cumpriu com a palavra, logo que foi convidada para fazer um filme, então mão se queixe do fracasso do casamento. Não fique por aí com carinha de mater dolorosa, pois não convence nem a mais ingênua das criaturas. Logo mais estará de namorado novo, fazendo o maior estardalhaço e se declarando furiosamente apaixonada para sempre!!!

Não a censuro por não abandonar o trabalho. O que acho estranho é ela ter aceitado casar-se, mesmo sabendo que não iria cumprir a promessa de acompanhar o marido no Qatar (Emirados Árabes). Isto deve ter sido frustrante e decepcionante para ele.. Mas, estamos na era dos amores descartáveis... né mesmo? Fazer o quê?

Um dos motivos da separação teria sido justamente, a distância enfrentada pelo casal desde o início do relacionamento. Quando se conheceram, em dezembro de 2006, o jogador estava no Corinthians, em São Paulo. Em 2008, foi para o Grêmio, em Porto Alegre, e logo em seguida para o Qatar Sport Club, no Catar (Emirados Árabes). Finalmente, em fevereiro, Roger voltou para o Brasil para defender a camisa do Cruzeiro, em Belo Horizonte. A distância acabou e o casamento também.

No início de março, o jogador foi visto com uma mulher na boate La Casa, uma das mais badaladas de Belo Horizonte. ''Essa boate é freqüentada pelos jogadores. Na verdade, Deborah e Roger, que comemorariam um ano de casamento em 6 de junho, viveram sob o mesmo teto apenas cinco meses. Após a lua de mel na Europa, ela passou um mês no Catar. Na época, contou para amigos que estava tentando engravidar, mas teve de adiar os planos e voltar ao Brasil em setembro para as filmagens do longa Bruna Surfistinha - O Doce Veneno do Escorpião. A atriz ficou até o fim de novembro em São Paulo, embarcou novamente para o Catar e morou com o marido até fevereiro, quando ele também voltou.

Segundo um amigo muito próximo de Roger, a crise começou quando Deborah aceitou o convite para fazer o filme. Eles haviam combinado que ela ficaria no Catar até a próxima novela.

Quando o jogador desembarcou no Brasil, em fevereiro, Deborah não foi buscá-lo no aeroporto. Durante o Carnaval no Rio, Roger chegou atrasado para assistir ao desfile da mulher no Salgueiro. Eles se encontraram no camarote da escola, mas, logo em seguida, Deborah foi para casa e o jogador curtiu o resto da noite sozinho. A atriz falou que estava cansada. ''Pedi com carinho e ela me liberou, afinal fiquei dois anos no Oriente Médio sem ver nada de Carnaval'', justificou o jogador.

Deborah não demonstrava abatimento, pelo contrário, estava sorridente. A atriz tirou a aliança de casada e não escondeu a mão esquerda ao se dirigir ao estacionamento. Dali, seguiu sozinha para Petrópolis, onde passou o fim da semana. Na segunda-feira (5), participou do programa Mais Você, no Projac, com os ex-BBBs da 10ª edição do Big Brother Brasil. Vá entender a cabeça dessa gente... Vá entender o conceito que se fazem do amor, pessoas egoístas e frívolas como parece ser a atriz. Ainda bem que não há uma criança no meio dessa historieta de pseudo-amor, ainda bem... Uma a menos para sofrer as conseqüências de uma separação...

Meu blog não é casa de Maria Joana!

12 COMENTÁRIOS


Apesar de estarmos num ambiente virtual, não somos obrigados a suportar a má educação, a falta de limites, de respeito, de bom senso e as grosserias de pessoas que, por não terem gostado do que aqui escrevi, invadiram o sistema de comentários e o Mural de Recados, deste blog, com impropérios, ofensas, deboches e outros tipos de agressões a minha pessoa e à Lia, sobre quem eu escrevi uma postagem. Atitudes de pessoas do terceiro mundo! Canalhice da pior espécie!

Primeiro, é preciso dizer que acho curiosíssimo e plenamente ridículo observar como algumas pessoas, mão importa a idade ou o sexo que tenham, quando protegidas por uma tela de computador e pelo anonimato, ficam valentonas, verborrágicas e “cheias de direitos”, como se fossem as donas da última verdade existente no planeta.

É inconcebível, num mundo dito civilizado, como certas pessoas, esmagadas por uma baixíssima auto estima, se sentem à vontade para entrar na casa dos outros, sem pedir licença e já distribuindo pancadaria verbal, injuriando inclusive os comentaristas presentes. Esquecem que meu blog é a minha casa virtual! Esquecem que meu blog não é casa de Maria Joana nem terra de ninguém.

Parece até que sentem compulsão para despejarem sobre a dona do blog e seus visitantes toda a improvisada coragem que não possuem no seu obscuro e tedioso dia-a-dia, consumido na covardia e no recolhimento à constrangedora e aniquilante insignificância que os incomoda… Esses são os já conhecidos anônimos ou não, que andam enchendo a paciência de muitos blogueiros da blogsfera. Rondando os blogs como almas penadas...


Quem visita o meu blog há algum tempo sabe que, além de compartilhar minhas idéias com as pessoas que costumam visitá-lo, de escrever sobre mulheres que me chamam a atenção ou justificam um post especial, proponho-me a discutir alguns assuntos até bem polêmicos, sempre com todo cuidado e aberta às discordâncias, às opiniões diferentes das minhas, e posso mudar de idéia, se me convencerem, com argumentos sensatos, coerentes e iteligentes, como já aconteceu diversas vezes.

Agora, diante dos abusos de ontem e hoje, chegou a hora de deixar bem claro certas coisas que parecem não terem sido bem explicitadas, quando inaugurei o Feminina e Plural. É o seguinte:

Estou disposta a discutir idéias e opiniões sobre qualquer assunto, mas a forma como escrevo, meu estilo de fazer apreciações críticas, a maneira como me expresso, a enormidade dos meus defeitos e as minhas idiossincrasias não estão em pauta e não me interessa a opinião de ninguém sobre nada isto. São assuntos meus, particulares, pessoais que somente a mim dizem respeito.

Portanto, que tratem de cultivar a noção dos limites, do respeito e da boa educação! Há pessoas para as quais não vale a pena a gente responder às grosserias e os disparates que proferem em seus ataques pusilânimes. Mas existem, também, as pessoas que, segundo penso, simplesmente são destituídas da noção dos seus limites ao visitarem um blog, chegando às raias da mais lastimável canalhice .

Tenho vários blogs, porque sou uma pessoa com várias áreas de interesses que enriquecem a minha vida, que me possibilitam contatos virtuais com pessoas muito especiais e civilizadas que só me acrescentam e enriquecem. Mas isto não significa que esteja obrigada a estar disponivel para ouvir qualquer tipo de crítica, por parte de pessoas sem competência para expressarem alguma coisa construtiva, que me ajude a crescer.

Aos que me acham tediosa, com um ego do tamanho do universo, presunçosa, intolerante, arrogante, dona da verdade, e sei lá mais o quê, resta apenas fazer bom uso do tal “xis” vermelho, posto no canto superior direito da tela. Dêem uma clicadinha nele, caiam fora e tomem outro rumo, pois não pretendo mudar a minha maneira de ser, de estar na web e na vida para agradar a quem quer que seja! Continuarei deletando sem dó os comentários desaforados e desrespeitosos... E não me venham falar em DEMOCRACIA, se não aprenderam ainda a distingui-la da ANARQUIA.

O que não é normal e decente são pessoas adultas, muitas delas mães e avós, ficarem importunando a paciência dos outros com papo idiota do tipo “você quer ser dona da verdade”, “você precisa ser humilde”, e outras frases veiculadoras do falso moralismo de quem as profere… Fala sério!

Ora bolas, se dou-me ao trabalho de escrever sobre algo, é porque acredito naquilo que expresso. Alguém tem o direito de discordar da minha opinião, com educação e gentileza. Todavia, se não gosta do “jeito” como escrevo, do estilo que adoto, então renuncie ao masoquismo doentio, vá embora e não volte mais.

Se continuarem a invadir o blog, perderão o tempo: ativei o moderador, impedindo que invadam meu espaço. Só libero os comentários, depois de aprovados ou não por mim. Os que forem desrespeitosos e agressivos, serão todos deletados. Se for necessário tomarei outras medidas mais severas, pois a net não é mais a terra de ninguém, deixou de ser um espaço sem leis. Para identificar os agressores, tenho os IPS. Foi para defender-me que instalei o sistema de comentário com dispositivos de proteção contra abusos.

Não faço questão de quantidade, mais sim de qualidade. Sempre tive poucas pessoas freqüentando meus blogs, todas amigas, inteligentes, educadas, sensíveis e agradabilíssimas na forma como discordam, concordam ou questionam meus posicionamentos. Claro que gente fina é outra coisa! São estas pessoas as que me interessam e a quem darei a minha atenção e o meu carinho. Muitas delas, que comentaram ontem e ante-ontem, não foram desagradáveis. Ao contrário, foram muito bem vindas com seus comentários e suas gentilezas.

Portanto, resumindo, discuto as minhas idéias e as minhas opiniões, mas a minha pessoa e os que visitam o blog estão fora de pauta, se não gostam do tamanho do meu ego, se não aceita a falta de democracia no meu espaço, se considera minha atitude politicamente incorreta, caia fora e vá procurar outra blogueira com ego menor, democrática e politicamente correta! 

MEU BLOG NÃO É A CASA DE MARIA JOANA!    É A MINHA CASA, E NELA QUEM MANDA SOU EU!

13 de abril de 2010

LIA: MULHER LINDA, FEMININA E PLURAL !...

99 COMENTÁRIOS



 Se Dourado foi a personalidade masculina que se afirmou como o grande e imbatível protagonista o BBB10, Lia foi a única personalidade feminina que se destacou como segunda protagonista do programa. Ela marcou seu espaço, delimitou seu campo de ação, foi fiel aos seus princípios e aos seus valores. Lia pagou um alto tributo aos medíocres justamente por de ter caráter, fibra, autenticidade, pulso firme, além de “força e honra”.

Lia, como jogadora e como ser humano, foi uma das melhores participantes do sexo feminino que já passou pelas várias edições do BBB. Ao contrário de muitas, não usou o belo corpo para se afirmar, não ficou se esfregando nos homens para aparecer. Foi autêntica, guerreira, grande estrategista e excelente leitora do jogo.

É pena que parte da torcida do Dourado não tenha sabido dar o devido valor à Lia. Em muitas ocasiões até queria vê-la eliminada do programa, sob a infundada suspeita de que ela iria prejudicar o lutador, sem que houvesse indícios que apontassem para uma possível traição dela contra o aliado e amigo. Foi achincalhada e chamada de mijona, foi execrada e mal interpretada o tempo todo, como se fosse a vilã da edição.

A fidelidade e a lealdade era uma das qualidades mais evidentes em Lia, como o ciúme era seu defeito mais nocivo. Por suas fidelidades foi que quase surtou e se perdeu no jogo, ao se envolver afetiva e emocionalmente com Cadu, tentando protegê-lo das artimanhas de Fernanda. Por tudo quanto ela foi e fez de bom, merecia o segundo lugar. Merecia estar com Dourado e Cadu na festa da vitória, na qual Fernanda era apenas uma figurante insossa, sem brilho e sem glamour.

Mas, não tenho dúvidas de que Lia irá muito além do seus minutos de fama instantânea, porque ela sabe o que quer, ela sabe lutar por seus ideais e tem uma personalidade transparente que inspira confiança. Ela sabe que pode chegar longe, ela sabe qual é a hora do “grito”, a hora exata em que terá que gritar para o mundo ¨olha prá mim¨! Ela vai conseguir muitas coisas boas, vai fazer seu pé de meia, vai trilhar os mesmos caminhos de Francine Piaia, unicamente porque não tem medo do trabalho, não desiste da luta, é moça pobre, que aprendeu na escola da vida, tirânica, dura e cruel, as lições que forjaram seu caráter firme, sua verdade e sua autenticidade.

Seus pequenos defeitos são quase nada, são muito menores do que os dos outros participantes que se voltaram contra ela. Lia foi fiel aos amigos, não fez fofocas, não proferiu maledicências, não falou mal de ninguém pelas costas sem que antes dissesse tudo diretamente à pessoa. Ela foi uma das mais atuantes, participando, ativamente, do início ao fim, de todas as provas, tarefas e problemas da casa. Foi barraqueira e irritante? Claro que foi. Sempre com quem merecia e na hora certa de dizer o que ninguém ousava proferir. Por isto foi perseguida, detestada e posta em vários paredões, até ser eliminada. Na saída, recebeu o abraço amigo e fraterno de um Bial emocionado e triste com a sua injusta eliminação. Eu também chorei e fiquei consternada. Apesar dos pesares, apesar de muitas vezes irritar-me com ela, eu torcia para que a guerreira Lia ficasse na final. Bial nunca conseguiu esconder a sua admiração e o seu apreço pela personalidade ímpar da ex-bbb. 

Lia merecia o segundo lugar, indiscutivelmente, foi um grande erro da torcida do contra e das maracutaias de Boninho terem armado para que saísse, ensejando que Fernanda fosse a segunda colocada. Uma pessoa mesquinha, apagada, sem charme e sem carisma, que não passa de uma oportunista, falsa e sonsa. Sua única qualidade como jogadora foi o esforço nas provas de resistência. Todavia, apesar da ajudinha de Boninho, ela perdeu o rumo e findou se enrolando no jogo devido à sua falta de visão, seu egoísmo, sua falsidade e falta de fibra, frustrando os planos boninescos de fazer dela a campeã. Esta vai ter os holofotes apagados em pouquíssimo tempo.

Ter ficado no segundo lugar não significou uma vitória de Fernanda a ser comemorada, porque ela não representou nada no BBB10, a não ser o papel de “mosca morta”, de samambaia,  que decidiu soltar a franga e tirar o atraso, quando soube que havia perdido o pretenso candidato a marido rico. Aí, jogou a Bíblia para o fundo da gaveta , esqueceu os salmos e os evangelhos e correu, como uma desesperada, atrás do prejuízo. Até gay servia-lhe de consolo e de bombeiro para apagar o fogo das calcinhas em chamas. E a Santa virou a Devassa! A mocinha pura caiu de boca na manguaça, nos cigarros e nas danças eróticas... Um fenômeno de mutação instantânea!

Mulheres como Maroca, Angélica, Cacau e Fernanda (que só têm o corpão para oferecer como mercadoria de consumo), são vazias demais, não têm conteúdo se carisma para se sustentam por muito tempo na concorrida cena da fama. Depois que mostrarem os traseiros aloprados, as peitolas siliconadas e as pichocas nas revistas Playboy e Sexy, entrarão  na estrada estreita do declínio, apenas a espera que novas gostosas do BBB11  e de No Limite, venham ocupar seus espaços na mídia e sob os holofotes da glória passageira. Nem Priscila, com a proteção de Boninho e de Bial, conseguiu ser uma presença marcante e prestigiada como Grazi, Íris, Juliana Alves, Sabrina e, recentemente Francine Piaia contratada como apresentadora de um programa na RedeTV, onde Ana Machado já trabalha como repórter, para o Super Pop.

Lia encontrou, fora da casa do BBB, uma pessoa generosa e boa, disposta a guiá-la e auxiliá-la em seu início de vida pós-bbb: Preta Gil! Esta tomou a iniciativa de apresentá-la ao mundo, mostrando tudo quanto Lia gostaria de ver e de conhecer. Essa amizade poderá ter um significado muito especial para Lia, desde que ela saiba valorizá-la e fruir do prestígio da cantora, disposta a apoiá-la. O fato é que ela está muito bem assessorada e orientada por uma assessora com larga experiência no ramo. 

Lia será a próxima bela do BBB10 a estampar a capa da revista Playboy . De acordo com a coluna Telenotícias, do jornal "O Dia" desta segunda, 12, a as negociações entre Lia e a publicação já estão em fase final. Pelas belas fotos do Paparazzo, pode-se ter uma idéia  da qualidade do ensaio para a PB. A foto abaixo é linda!


Na sequência seria a vez da baiana Anamara posar para um ensaio nu. (depois de perder  os toucinhos adquiridos na farra gastronômica das festas).  Já Fernanda, que nem o Paparazzo fez, ainda segundo a coluna, teria recusado o convite para posar para revistas  masculinas (com aquele nariz esquisito, sem peitolas turbinadas e sem bundão não dá!!! Rsrsrsrsrs).

Sobre Maroca, não posso deixar de dizer que, com grande estardalhaço, ela saiu do jejum de sexo, com a ajuda da mui amiga e prestimosa  Priscila, que conseguiu um primo do namorado, muito caridoso, para transar com a necessitada baiana, em vias de ter um ataque de nervos por falta  de  um bombeiro que lhe apagasse as chamas da paixão. Ó, Coitada!  As duas se merecem... que mulheres vulgares , meu São Chiquinho!!! O alarde que a gralha doidivana fez de um ato tão íntimo dá bem conta do tipo de valores morais cultivados por Maroca. Ela e a Kiwi são mesmo almas gêmeas na futilidade, na falta de decoro e na falta de respeito por si mesmas. Vade Retro!

    12 de abril de 2010

    As "peladas" do BBB 2010. Elas estão podendo!!!

    3 COMENTÁRIOS


    As fotos de Lia no Paparazzo poderiam ter ficado melhores. Algumas estão com problema no jogo de luz e sombra, outras estão com cortes inadequados ou com poses pouco artísticas.  O fotógrafo não é um esteta.  Faltou explorar a sensualidade da modelo, orientar melhor o jogo fisionômico, tirando partido do olhar da modelo. O cenário está muito despojado, pobre, feio.
      

    Custou-me a cair a fixa, mas, enfim, saquei a razão da animosidade de Priscila com Cacau, bem explícita na tal “lavagem de roupa” que não lavou nada!  Ora, ora, a Kiwi está enciumada!  Está sentindo as luzes dos holofotes deslocarem-se do seu grande talento: o bundão, para iluminar a glorioso e hipertrofiado traseirão de “jaca” da “bunda mais famosa do Brasil”, quiçá candidata ao Prêmio Nobel da fartura glútea!
       

    Não poderia haver outro motivo para ela ter sido tão grossa e petulante com a sua sucessora!  Inveja, despeito e aquela incômoda sensação de estar sendo passada para trás... Heheheheheh!!!   Poisé, “Princesa Devassa”, já dizia, epicamente, o poeta Luís de Camões: “Cesse tudo quanto a antiga musa canta/ Que um canto mais alto se alevanta!”  Aliás, ainda há de quebra a Maroca, sua clone e denominada "A Rainha do Proletariado", justamente o seu público!  Há também as saradas Lia, e Fernanda ,  a bela  Joseane  e   a gostosinha Morango!  Todas lindas e ousadas! Chiiiii, danou-se a famosidade da frutinha peluda, redonda e azeda!


    Trate de perder uns quilinhos, filhota, porque você já está tendo dificuldade em cruzar as pernocas roliças de Rambo modernosa, uma sobre a outra. O BBB9 já era! A safra do BBB10 é poderosa!  Quem não arranjou trabalho até agora...  hummmmm!!!  Nem o padrinho Boninho poderá dar jeito ao crepúsculo dos ex-bbbs que não emplacaram, como Francine emplacou na Rede TV e em suas produções.   Bye, bye, Kiwir!!!  Tente ser capa da Playboy, mais uma vez, já que diz ter sido um sucesso de vendas!!!  


    A Melancia e Sheila Carvalho fizeram três capas...  Escrever um livreco contando montões de intimidades apimentadas e de detalhes sórdidos de alcova, dizem que vende muito...  Mas, ao fim e ao cabo, trabalhar é o que garante a vida. Badalar pelas baladas e praias cariocas é luxo de patricinhas que tem papai rico para bancar o ócio, a futilidade  e a boa vida inútil! 

    9 de abril de 2010

    Ainda não criaram um remédio para a futilidade...

    4 COMENTÁRIOS

    Como disse Arnaldo Jabor, “ para a futilidade não há remédio”. Assim sendo, não me causa espanto o entusiasmo de Cacau com o sucesso do seu hiperbólico traseirão. É como se tivesse assinando uma grande obra literária de sua autoria que a fútil moiçola autografava sua Playboy e declarava inchando o peito siliconado de orgulho: “Meu bumbum virou paixão nacional’.

    É, meu povo, o pomar carioca tem uma nova hospede – A MULHER JACA – que vai deixar na poeira as bundudas que a antecederam. Poisé, o bundão aloprado de Cacau definitivamente caiu no gosto popular (é ponha popular e brega nisto!), encerrando a fugaz carreira da Kiwi, da Melancia e outras que já não estão adequadas ao consumo... A vida das gostosas descerebradas, que não têm nada a mais a oferecer, é fugaz como um meteoro.

    Vivendo seus minutinhos de fama, na noite da quinta-feira, 8, a ex-BBB causou um alvoroço ao promover uma sessão de autógrafos na praça de alimentação de um shopping no subúrbio carioca. (shopping de subúrbio?... Vixemaria, a clientela da moça é a mesma da Kiwir! Hehehehehe)

    “A revista toda foi focada no meu bumbum, e ele acabou virando paixão nacional” Disse a se orgulhosa “empresária”. “São homens, mulheres, crianças e gente de todo o tipo elogiando as fotos. Quando chegam para pedir o autógrafo, já abrem na página certinha com o meu bumbum”, disse Cacau.

    A maratona de lançamento da "Playboy" de abril inda não acabou para Cacau. Depois de passar à tarde em uma banca da avenida Paulista para distribuir autógrafos, foi a vez dos freqüentadores de uma padaria do bairro do Ipiranga conhecerem a ex-BBB pessoalmente. ( Banca de revista, Padaria, Shopping de subúrbio... Caiu muito a cotação da revista ou da fotografada? Siri e Fani fizeram o lançamento das suas capas em livrarias de shopping de luxo e em grandes livrarias da cidade do Rio e São Paulo).

    Lendo esta notícia chinfrim sobre o sucesso suburbano, panificado e breguinha da bundarosa Cacau, lembrei de uma crônica de Arnaldo Jabor sobre a nobre e edificante questão da BUNDA em nossas terras tupiniquins. Leiam-na... Nela está toda a complexa psicologia da bunda dura...hehehehehehehe. Há coisas que para a aturarmos o melhor remédio é rir:


    A BUNDA DURA!

    Tenho horror a mulher perfeitinha. Sabe aquele tipo que faz escova toda manhã, tá sempre na moda e é tão sorridente que parece garota-propaganda de processo de clareamento dentário? E, só pra piorar, tem a bunda dura!? Pois então, mulheres assim são um porre. Pior: são brochantes. Sou louco? Então tá, mas posso provar a minha tese. Quer ver?

    a - ESCOVA TODA MANHÃ: A fulana acorda as seis da matina pra deixar o cabelo parecido com o da Patrícia de Sabrit. Perde momentos imprescindíveis de rolamento na cama, encoxamento do namorado, pegação, pra encaixar- se no Padrão "Alisabel é que é legal". Burra.

    b - NA MODA: Estilo pessoal, pra ela, é o que aparece nos anúncios da Elle do mês. Você vê-la de shortinho, camiseta surrada e cabelo preso? JAMAIS. O que indica uma coisa: ela não vai querer ficar"desarrumada" nem enquanto tiver transando. É capaz até de fazer pose em busca do melhor ângulo perante o espelho do quarto. Credo.

    c - SORRISO INCESSANTE: Ela mora na vila do Smurfs? Tá fazendo treinamento pra Hebe? Sou antipática com orgulho - só sorrio para quem provoca meu sorriso. Não gostou? Problema seu. Isso se chama autenticidade, meu caro. Coisa que, pra perfeitinha, não existe. Aliás ela nem sabe o que a palavra significa, coitada.

    d - BUNDA DURA: As muito gostosas são muito chatas. Pra manter aquele corpão, comem  só saladas. Bebida dá barriga e ela tem HORROR a qualquer carninha saindo da calça de cintura tão baixa que o cós acaba onde começa a pornografia: nada de tomar um bom vinho com você. Cerveja? Esquece! Melhor convidar o Jorjão.

    Pois é, ela é um tesão. Mas não curte sexo porque desglamouriza, se veste feito um manequim de vitrine do Iguatemi, acha inadmissível você apalpar a bunda dela em público, nunca toma porre e só sabe contar até quinze, que é até onde chega a seqüência de bíceps e tríceps.

    Que beleza de mulher. E você reparou naquela bunda? Meu Deus... Legal mesmo é mulher de verdade. E daí se ela tem celulite? O senso de humor compensa. Pode ter uns quilinhos a mais, mas é uma ótima companheira de bebedeira. Pode até ser meio mal educada quando você larga a cueca no meio da sala, mas adora sexo. Porque celulite, gordurinhas e desorganização têm solução (e, às vezes, nem chegam a ser um problema).

    Mas ainda não criaram um remédio pra futilidade. Nem pra dela, nem pra sua!

    ARNALDO JABOR
                              

    3 de abril de 2010

    Francine Piaia: a bem sucedida ex-BBB9!

    24 COMENTÁRIOS


    Nenhuma das mulheres que participaram do BBB10 conseguiu ofuscar o brilho de Francine Piaia. Nenhuma tinha o carisma da Fofurinha nem o imenso fã clube que esta ainda mantém vivo e atuante.  Apesar da minha admiração e respeito por Lia, especialmente pela firmeza do seu bom caráter, por sua explosiva afetividade e pela lealdade que caracteriza suas relações de amizade, ela não tem o encanto especialíssimo de Fran. Esta continua sendo a minha favorita.  Mesmo durante o BBB10 não deixei de acompanhar a sua vidinha e seus trabalhos.

    Sinto satisfação em dizer que Francine continua conquistando seu espaço no mercado de trabalho e abrindo os caminhos para a sua carreira de apresentadora. Ela é a mais nova contratada da Rede TV para apresentar um programa com Guilherme Useda.  O programa visa mostrar as vantagens, praticidade e utilidade da Internet e tem o nome de InterNET-se. A atração está programada para quem é internauta de primeira viagem e também para quem já domina os bytes, mas quer se manter atualizado sobre as novidades do mundo online.


    O InterNET-se é uma mistura de reality show com documentário. Famílias comuns terão seus conhecimentos de Internet testados em rede nacional. À frente dessa maratona de 16 episódios, o ator e comediante Guilherme Uzeda e a apresentadora e ex-BBB, Francine Piaia, irão entrar na casa dos participantes do programa para mostrar de maneira divertida e prática os inúmeros atrativos e serviços da Internet.

    Além disso, os programas também terão depoimentos de celebridades contando suas aventuras e trapalhadas na Internet. A meu ver, foi feito sob medida para Francine. Imagino o que nos fará rir juntando a sua natural veia cômica com a do comediante que divide a atração com ela.

    Pois é, a cada episódio do InterNET-se você verá que o mouse ou o touch pad será seu controle remoto. Com eles você dirá o que quer ler, ouvir e ver.


    Chame toda sua família para navegar nessa aventura pelo fantástico mundo da Internet. INTERNET-SE!

     Mas as aventuras da Fofurinha na mídia não começou com o InterNET-se.  Ela foi contratada da revista TE CONTEI para fazer a cobertura do BBB10, como repórter, obtendo um sucesso absoluto com a experiência de fazer entrevistas de rua. 

                                             

    Sua graça, simpatia e veia humorística fez do trabalho executado pela Fofura momentos divertidíssimos, inclusive para os entrevistados.

                                                  

    Por outro lado, os empreendimentos comerciais de Fran vão de vento em popa. A novidade foram os Ovos de Páscoa da Franzinha que estão vendendo pra dedéu, tendo a mesma aceitação que têm sua linha de produtos infantis: agendinhas, cadernos, canetinhas, malinhas, sacolas, etc.

                                                            

    As almofadinhas da Franzinha são lindas e não chegam para quem quer. O fato é que a nossa querida menina tem uma criatividade imensa e uma vontade de realizar trabalhos maiores ainda. 

                                                            
                                                               

    Espontânea e simples, Fran aceitou participar de um quadro no programa de Luciana Gimenez, no qual uma moça procurava namorado. Foi engraçadíssima a participação dela, uma brincadeira que tinha tudo a ver com seu temperamento moleca.~


      Assisti e adorei vê-la encarando a brincadeira, sem estrelismos, encantadora como sempre e fazendo daquela participação momentos de divertimento para a platéia que não a poupou de merecidos aplausos.  Abaixo, Fran em campanha filantrópica doando alguns dos seus produtos.


    Sem padrinhos, sem pistolões e sem precisar da Globo para realizar trabalhos na televisão, Fran vai abrindo seu espaço com seus próprios esforços, carisma, simpatia e simplicidade. Nunca duvidei de que ela venceria, que conseguiria chegar longe. E vai chegar.  Isto tudo é apenas o começo! Parabéns, Francine, Você venceu com dignidade, com a força do seu trabalho, sem se vulgarizar, sem perder o respeito do seu público.


    Quem gostar de saber notícias de Francine, poderá acessa o blog We Love Fran, linkado  no sider bar, à direita da postagem, em meus blogs favoritos.